Mensagens de Luz  
 
 
  Textos Espíritas  
 
 
  Mural de Recados  
 
 
  Guia de Centros Espíritas  
 
 
  Ouça Mensagens  
 
 
Página Inicial - O Espiritismo
 Home
 A Doutrina
  O que é?
  Conheça Allan Kardec
  Biografias
  Galeria de Imagens
  Fale Conosco
  Links Indicados
  Sugestão de Livros
  Obras Básicas
 O Espiritismo e Você
  Mensagens de Luz
  Textos Espíritas
  Mural de Recados
  Guia de Endereços
  de Centros Espíritas
  Ouça Mensagens
 
 
>> MURAL DE RECADOS
 
Mural
De: Jaine
Para: Família de Marta Fonseca
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 29/05/15 20:50

Agradeço aos bons espíritos pela força ,luz,sabedoria e misericórdia onde se encontram olhando pela família de Martinha, que ela possa ter muita força,harmonia em seu coração para viver e vencer essa dificuldade em sua vida pelo seu filho Washington que está em um local não muito bom,as que ele não faça nada de errado e supere mais essa provação que Deus está dando a ele e todos os seus e amigos de verdade que estão apoiando-o e dando amor ao seu coração cuide dele para mim espíritos bons e amigos muita bondade e tolerância sempre fiquem bem hoje,amanhã e por toda vida paz e força assim seja.

De: Victor Hugo
Para: Todos
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 29/05/15 13:03

\"A verdadeira convicção só se adquire pelo estudo, pela reflexão e por uma observação contínua.
Assim, a fé necessita de uma base, e essa base é a perfeita compreensão daquilo em que se deve crer. Para crer, não basta ver, é necessário compreender.
Fé inabalável é somente aquela que pode encarar a razão face a face,em todas as épocas da humanidade.
Portanto, a fé robusta dá a perseverança, a energia e os recursos com que vençamos os obstáculos nas pequenas e grandes coisas.
A esperança e a caridade são uma consequência da fé.\"

ALLAN KARDEC

De: wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 28/05/15 09:14

Pense bem, e valorosamente. O pensamento é uma força saturada de poder, tanto para o bem, quanto para o mal. É através dele que atraímos o Astral Superior ou o inferior, este constituído de milhões de espíritos que exercem as suas criminosas atividades na atmosfera terrestre, servindo-se de encarnados cujos sentimentos e pensamentos sejam afins. Não os devemos temer, desde que pensemos bem. Jamais o obsessor poderá aproximar-se de uma criatura cujos pensamentos sejam honrados e valorosos.
Quem emite pensamentos negativos, como o desânimo, o convencimento de que não consegue curar-se etc., tem realmente que estar doente.

Pensamentos são vibrações envolventes, saudáveis ou doentias, que se refletem em todos os órgãos do nosso corpo. Se as vibrações são doentias, é evidente que produzem efeitos também nocivos.
Portanto, ela deve modificar, conscientemente, seu estado de alma, reagindo contra os pensamentos depressivos, que servem, além do mais, como força de atração do astral inferior. Os obsessores agem traiçoeiramente, envolvendo as pessoas e intuindo em seu espírito cismas e manias, além de perturbá-las cada vez mais.

Com pensamentos elevados e firmes no bem, com a vontade forte e pela pratica sincera do bem e das virtudes, vamos repelir os espiritos obsessores e atrair pela sintonia mental os espiritos de luz.
A Proteção espiritual quem faz é a propria pessoa pelos seus pensamentos e conduta moral. Não existem milagres e nem o sobrenatural, cada pessoa colhe o que planta.

Males do espírito não se curam com drogas
Prezado Senhor:
Os males do espírito não se curam com drogas. Curam-se com o esclarecimento do que somos como Força e Matéria (espírito e corpo), com o conhecimento das leis comuns, naturais e imutáveis que regem o Universo, com a certeza de que o pensamento é emanação do espírito, uma força saturada de poder, causa de todo o bem e de todo o mal.

Alimentando fraquezas e vícios, o ser humano religa-se às correntes fluídicas do mal, que se cruzam em todas as direções, atraindo obsessores que passam a intuir-lhe fraquezas, cismas e manias, e a satisfazer, por sua vez, os vícios que alimenta, encostando-se invisivelmente aos encarnados e recebendo as suas vibrações.
Para libertar-se da obsessão, basta o obsedado (e o que o senhor tem é obsessão) abandonar os vícios, passar a emitir pensamentos honrados, valorosos e dignos, submetendo todos os seus atos a uma severa disciplina e varrendo da mente tudo que for enfermiço.

A primeira coisa a fazer, é, pois, firmar-se na convicção de que nada tem, e de que a ignorância sobre a vida fora da matéria o levou a pensar mal, o conduziu ao lamentável estado do qual, por si mesmo, se pode libertar. A segunda, não pensar em doenças, não falar de espiritismo, que é ciência e não religião, e muito menos da vida de quem quer que seja. Com essa conduta, afasta toda a possibilidade de atração do astral inferior, e facilita a aproximação do Astral Superior, que passa a envolvê-lo em sua Luz e fluidos benéficos. A última, ter o seu tempo completamente ocupado com coisas úteis e honestas, compreendendo que o trabalho para as pessoas esclarecidas pelo Racionalismo Cristão representa um prêmio, por ser através dele que o espírito evolui, porque para evoluir ele está neste alambique depurador, a Terra, ao qual veio por milhares e milhares de encarnações.


Sabe por que não obteve, até agora, êxito na vida? Porque, ao invés de entregar-se valorosamente ao trabalho, à luta pela vida, com confiança em si mesmo, no seu próprio valor, perdeu precioso tempo à espera de que a sorte o favorecesse, e viveu a pedir “ao Senhor” o que estava em suas mãos realizar.

Sortes e azares só existem na imaginação dos que ignoram ser o Universo regido por leis comuns, naturais e imutáveis, portanto iguais, absolutamente iguais, para todos.
O homem de ação, que quer vencer na vida, não espera que os outros o ajudem. Ele se ajuda a si mesmo, abrindo as portas do sucesso. A razão por que uns triunfam e outros fracassam está precisamente aí: o candidato ao fracasso, em vez de ajudar-se, pede ajuda; o candidato à vitória não quer saber de ajudas, não perde tempo, persegue o êxito até alcançá-lo. Só tem valor o que resulta do esforço, do trabalho, da luta.

Proteções não existem
Prezada Senhora:
Se a felicidade humana dependesse das Forças Superiores toda a humanidade seria feliz, sem necessidade de fazer qualquer pedido.
A felicidade, porém, somente se alcança por conquista individual, subordinada à vontade, aos pensamentos e à orientação que dermos a nossa vida. Quem faz mau uso do livre-arbítrio e infringe as leis naturais que regem o Universo, e tudo impulsionam para o progresso, sofre, mais cedo ou mais tarde, nesta ou nas encarnações futuras, as conseqüências dos seus atos, já que nenhuma dívida de natureza espiritual pode deixar de ser resgatada pelo devedor, e esse resgate impõe sempre sofrimentos.

Sortes, azares, proteções são coisas que não existem. Os homens as inventaram, por ignorarem que, onde imperam leis comuns, naturais e imutáveis, não há lugar para fantasias.
Infelizmente, pela multissecular ignorância dos porquês da vida, a humanidade vive na dependência de enganosas proteções, com que a comodidade das crenças falsamente lhe acena.
A criatura esclarecida não perde tempo a implorar o que sabe depender de si mesma. Conhecendo o valor do pensamento como força de atração do bem e do mal, irradia-o com valor, entrega-se à luta, remove do seu caminho todas as dificuldades, e triunfa.

Antonio Cottas

De: MARLENE
Para: ESPIRITOS DE LUZES
E-mail: marlenelima@nassau.com.br
Data: 27/05/15 17:23

Espíritos de Luzes
Dai-nos paciência para aceitarmos o que não podemos mudar, inteligência para mudarmos o que podemos e sabedoria para diferenciarmos uma da outra.

Junto a esta sabedoria, espíritos bons que nos acompanhem, nos guiando e soprando aos nossos ouvidos o caminho do bem.
Que assim seja!

De: Victor Hugo
Para: Todos
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 27/05/15 17:16

“Eis a dupla singular, escora que nos descansa: servir sem desanimar, nunca perder a esperança. Se sofres, serve e confia, não te queixes, nem te irrites. Espera. A bênção de Deus é proteção sem limites”.

Meimei (espírito), psicografia de Francisco Cândido Xavier


De: wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 26/05/15 13:58

Amuletos, talismã e superstições.

OS ESPÍRITOS SÃO ATRAÍDOS OU REPELIDOS PELO PENSAMENTO, E NÃO POR OBJETOS MATERIAIS QUE NÃO TÊM NENHUM PODER SOBRE ELES.

Os Espíritos superiores, em todos os tempos, condenaram o emprego de sinais e de formas cabalísticas, e todo Espírito que lhes atribui uma virtude qualquer, ou que pretenda dar talismãs que aparentem a magia, revela, com isso, sua inferioridade, esteja agindo de boa fé ou por ignorância, em conseqüência de antigos preconceitos terrestres dos quais estejam imbuídos, seja porque queira conscientemente divertir-se com a credulidade, como Espírito zombeteiro.

OS SINAIS CABALÍSTICOS, QUANDO NÃO SÃO PURA FANTASIA, SÃO SÍMBOLOS QUE LEMBRAM AS CRENÇAS SUPERSTICIOSAS QUANTO À VIRTUDE DE CERTAS COISAS, COMO OS NÚMEROS, OS PLANETAS, E SUA CONCORDÂNCIA COM OS METAIS, CRENÇAS NASCIDAS NOS TEMPOS DA IGNORÂNCIA, E QUE REPOUSAM SOBRE ERROS MANIFESTOS, DOS QUAIS A CIÊNCIA FEZ JUSTIÇA MOSTRANDO O QUE ERAM OS PRETENSOS SETE PLANETAS, SETE METAIS, ETC.

A forma mística e ininteligível desses emblemas tinha por objetivo impor ao vulgo ver o maravilhoso naquilo que não compreendia. Quem estudou a natureza dos Espíritos, não pode admitir racionalmente, sobre eles, a influência de formas convencionais, nem de substâncias misturadas em certas proporções; isso seria renovar as práticas da caldeira dos feiticeiros, de gato preto, de galinha preta e outros feitiços. Não ocorre o mesmo com um objeto magnetizado que, como se sabe, tem o poder de provocar o sonambulismo ou certos fenômenos nervosos sobre a economia; mas, então, a virtude desse objeto reside unicamente no fluido do qual está momentaneamente impregnado e que se transmite, assim, por via mediata, e não em sua forma, em sua cor, nem sobretudo nos sinais com os quais pode estar sobrecarregado.

Um Espírito pode dizer: Traçai tal sinal, e a esse sinal reconhecerei que chamais e virei; mas nesse caso o sinal traçado não é senão a expressão do pensamento; é uma evocação traduzida de um modo material; ora, os Espíritos, qualquer que seja sua natureza, não têm necessidade de semelhantes meios para se comunicarem; os Espíritos superiores não os empregam nunca; OS ESPÍRITOS INFERIORES PODEM FAZÊ-LO TENDO EM VISTA FASCINAR A IMAGINAÇÃO DE PESSOAS CRÉDULAS, QUE QUEREM TER SOB SUA DEPENDÊNCIA. REGRA GERAL: TODO ESPÍRITO QUE LIGA MAIS IMPORTÂNCIA À FORMA DO QUE AO FUNDO É INFERIOR, E NÃO MERECE NENHUMA CONFIANÇA, AINDA MESMO SE, DE TEMPO EM TEMPO, DISSER ALGUMAS COISAS BOAS; PORQUE ESSAS BOAS COISAS PODEM SER UM MEIO DE SEDUÇÃO.

Tal era o nosso pensamento a respeito dos talismãs em geral, como meio de relações com os Espíritos. Vale dizer que ele se aplica igualmente àqueles que a superstição emprega como preservativos de doenças ou de acidentes.

Contudo, para a edificação do possuidor da medalha, e para melhor aprofundar a questão, na sessão da Sociedade, do dia 17 de julho de 1858, pedimos ao Espírito de São Luís, que consente comunicar conosco todas as vezes que se trata de nossa instrução, que nos desse a sua opinião a respeito. Interrogado sobre o valor dessa medalha, eis a sua resposta:
\"FIZESTES BEM EM NÃO ADMITIR QUE OS OBJETOS MATERIAIS POSSAM TER UMA VIRTUDE QUALQUER SOBRE AS MANIFESTAÇÕES, SEJA PARA PROVOCÁ-LAS, SEJA PARA IMPEDI-LAS. BEM FREQÜENTEMENTE, DISSEMOS QUE AS MANIFESTAÇÕES ERAM ESPONTÂNEAS, E QUE FINALMENTE, JAMAIS NOS RECUSAMOS EM RESPONDER À VOSSA CHAMADA. POR QUE PENSAIS QUE POSSAMOS SER OBRIGADOS A OBEDECER A UMA COISA FABRICADA POR HUMANOS?

P. - Com qual objetivo essa medalha foi feita?
- R. Foi feita com o objetivo de chamar a atenção das pessoas que nela quisessem crer; mas não foi senão pelos magnetizadores que ela pôde ser feita com a intenção de magnetizar para adormecer uma pessoa. Os sinais não são senão coisas de fantasia.

P. - Diz-se que ela pertenceu a Cazotte; poderíamos evocá-lo, a fim de termos algumas informações dele a esse respeito?
- R. Não é necessário; preferivelmente, ocupai-vos de coisas mais sérias.\"


Allan Kardec.

Os Talismãs e Medalhas Cabalisticas Revista Espirita ano 1 Setembro de 1858 numero 9


Vamos realçar algumas observações importantes de Kardec.

a) Os Espíritos são atraídos ou repelidos pelo pensamento, e não por objetos materiais que não têm nenhum poder sobre eles.

b) Os Espíritos superiores, em todos os tempos, condenaram o emprego de sinais e de formas cabalísticas, e todo Espírito que lhes atribui uma virtude qualquer, ou que pretenda dar talismãs que aparentem a magia, revela, com isso, sua inferioridade, esteja agindo de boa fé ou por ignorância, em conseqüência de antigos preconceitos terrestres dos quais estejam imbuídos.

c) Os sinais cabalísticos, quando não são pura fantasia, são símbolos que lembram as crenças supersticiosas quanto à virtude de certas coisas, como os números, os planetas, e sua concordância com os metais, crenças nascidas nos tempos da ignorância, e que repousam sobre erros manifestos, dos quais a ciência fez justiça mostrando o que eram os pretensos sete planetas, sete metais, etc.


d) Quem estudou a natureza dos Espíritos, não pode admitir racionalmente, sobre eles, a influência de formas convencionais, nem de substâncias misturadas em certas proporções; isso seria renovar as práticas da caldeira dos feiticeiros, de gato preto, de galinha preta e outros feitiços.

e)Fizestes bem em não admitir que os objetos materiais possam ter uma virtude qualquer sobre as manifestações, seja para provocá-las, seja para impedi-las. Bem freqüentemente, dissemos que as manifestações eram espontâneas, e que finalmente, jamais nos recusamos em responder à vossa chamada. Por que pensais que possamos ser obrigados a obedecer a uma coisa fabricada por humanos?


Revista Espirita ano 5 Dezembro 1862 Allan Kardec.

De: Wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 25/05/15 11:02

As obras mediúnicas e suas mistificações.

Os espiritos desencarnados não comem e nem bebem e o perispirito não possuem órgãos e nem as necessidades matérias do corpo físico, as informações que Andre Luiz traz sobre alimentação nas colônias espirituais são falsas, Andre Luiz mostra um mundo espiritual materializado onde os espiritos tomam banho em banheiras, andam de automóveis, usam computadores, casam, namoram, fala de animais na erraticidade, tudo contrario as obras de Kardec.
Cuidado com Andre luiz e as outras obras mediúnicas que existem tentando ridicularizar o Espiritismo, muitos livros mediúnicos falam em sexo no plano espiritual, os espiritos desencarnados fazem sexo e ENGRAVINDÃO, também falam que os espiritos comem e bebem e depois EVACUAM E URINAN.
Tudo isso é mistificação.
Vejamos os animais na erraticidade, Andre Luiz fala da existência de animais no plano espiritual.

Na Obra O Livro dos Mediuns de Allan Kardec, capitulo 25 sobre as evocações, encontramos essa observação.

36. Pode-se evocar o Espírito de um animal?
— O princípio inteligente que animava o animal fica em estado latente após sua morte. Os Espíritos encarregados desse trabalho imediatamente o utilizam para animar outros seres, através dos quais continuará o processo da sua elaboração. ASSIM, NO MUNDO DOS ESPÍRITOS NÃO HÁ ESPÍRITOS ERRANTES DE ANIMAIS, MAS SOMENTE ESPÍRITOS HUMANOS. Isto responde a vossa pergunta.

37. Como se explica então que certas pessoas tenham evocado animais e recebido respostas?
— Evoque um rochedo e ele responderá. Há sempre uma multidão de Espíritos prontos a falar sobre tudo.
Vou realçar essa observação.
ASSIM, NO MUNDO DOS ESPÍRITOS NÃO HÁ ESPÍRITOS ERRANTES DE ANIMAIS, MAS SOMENTE ESPÍRITOS HUMANOS.
Vamos ver nessa Observação Doutrinaria.
Que não existe na erraticidade ou mundo espiritual espíritos de animais vagando.


Vejamos uma observação de Herculano Pires sobre essa questão.

Espíritos errantes são os que aguardam nova encarnação terrena (humana) mesmo que já estejam bastante elevados. São errantes porque estão na erraticidade, não se tendo ainda fixado em plano superior. OS ESPÍRITOS DE ANIMAIS, MESMO DOS ANIMAIS SUPERIORES, NÃO TÊM ESSA CONDIÇÃO. Ler na Revista Espírita, nº 7 de julho de 1860, as comunicações do Espírito de Charlet e a crítica de Kardec a respeito. Na edição brasileira, página 218 do volume terceiro, título “Dos Animais”. (N. do T.)
OS ESPÍRITOS DE ANIMAIS, MESMO DOS ANIMAIS SUPERIORES, NÃO TÊM ESSA CONDIÇÃO.
Herculano Pires fala claramente que os espíritos de animais não tem essa condição.
Ou seja, o principio inteligente dos animais não fica vagando no plano espiritual.


Allan Kardec explica em suas obras e artigos, que o perispirito não possuem órgãos e que os espiritos não possuem a necessidade de alimentação, os espiritos inferiores ainda apegados a materia tem a ILUSÃO dessas necessidades e não a real necessidade, vejamos essas observações de Kardec.

Revista Espirita ANO 2 - ABRIL 1859 - Nº. 4

O envoltório semi-material do Espírito constitui uma espécie de corpo de forma definida, limitada e análoga à nossa; MAS ESSE CORPO NÃO TEM NOSSOS ÓRGÃOS E NÃO PODE SENTIR TODAS AS NOSSAS IMPRESSÕES.
Percebe, entretanto, tudo o que nós percebemos: a luz, os sons, os odores, etc.; e essas sensações, por não terem nada de material, não são menos reais; têm mesmo alguma coisa de mais clara, de mais precisa, de mais sutil, porque chegam ao Espírito sem intermediário, sem passarem pela fieira dos órgãos que as enfraquecem. A faculdade de perceber é inerente ao Espírito: é um atributo de todo o seu ser; as sensações chegam-lhe de toda parte e não por canais circunscritos. Um deles nos disse, falando da visão: \"É uma faculdade do Espírito e não do corpo; vedes pelos olhos, mas em vós não é o olho que vê, é o Espírito.\"

Há sensações que têm sua fonte no próprio estado de nossos órgãos; ora, as necessidades inerentes ao nosso corpo não podem ocorrer do momento que nosso corpo não existe mais.
O ESPÍRITO NÃO SENTE, POIS, NEM A FADIGA, NEM A NECESSIDADE DE REPOUSO, NEM A DE ALIMENTAÇÃO, PORQUE NÃO TEM NENHUMA PERDA A REPARAR; NÃO É AFLIGIDO POR NENHUMA DE NOSSAS ENFERMIDADES.

As necessidades do corpo ocasionam as necessidades sociais, que não existem mais para os Espíritos: assim, para eles, os cuidados dos negócios, os tormentos, as mil tribulações do mundo, as aflições que se dão para se proporcionar as necessidades ou as superfluidades da vida não existem mais; têm piedade do trabalho que nos damos por vãs futilidades; e, todavia, tanto os Espíritos elevados são felizes, quanto os Espíritos inferiores sofrem, mas esses sofrimentos são de preferência angústias, que por nada terem de físicas não são menos pungentes; eles têm todas as paixões, todos os desejos que tinham em sua vida (falamos dos Espíritos inferiores), e seu castigo é não poder satisfazê-los; para eles, é uma verdadeira tortura, que crêem perpétua, porque sua própria inferioridade não lhes permite ver o fim, e lhes é, ainda, um castigo.

Allan Kardec

Vejamos que O Mestre Kardec explica que os espiritos desencarnados não tem necessidade da alimentação, mostrando que Andre Luiz cometeu um erro ao afirmar que os espiritos comem e bebem na erraticidade.
Se comem e bebem eles tem que urinar e evacuar???
Os espiritos desencarnados podem urinar e evacuar????
Vejamos as conseqüências erradas das colocações de Andre Luiz.

Espírito tem órgãos ? Comem como se fosse algo natural no Mundo Espiritual ? No livro “Nosso Lar”. Espírito André Luiz. Psicografia de Francisco Cândido Xavier, consta: Espirito com intestino lesionado[Cap.5, Pg.37];Existem servicos de alimentacao[Cap.9,Pg,57]; Servem caldo, frutas perfumadas e substancias suculentas[Cap.18, Pg.100 e 101]; Tem fabrica de suco[Pg.145,Cap.26] ..................................................... .Agora vejamos o que a Doutrina Espírita nos diz: Na Obra `` O Livro dos Espíritos. Ensaio Teórico das sensações dos Espíritos
ITEM.257 . Quando vêm visitar-nos, os mais elevados se revestem do perispírito terrestre e então suas percepções se produzem como no comum dos Espíritos. Todos, porém, assim os INFERIORES como os SUPERIORES , não ouvem, nem sentem, senão o que queiram ouvir ou sentir. NÃO POSSUINDO ÓRGÃOS SENSITIVOS , eles podem, livremente[...] .................................
Na ``Revista Espírita`` de 1859 ,Quadro da Vida Espírita:

O envoltório semi-material do Espírito constitui uma espécie de corpo de forma definida, limitada e análoga à nossa; mas esse corpo não TEM NOSSOS ÓRGÃOS e não pode SENTIR TODAS AS NOSSAS impressões.

Wilson Moreno


De: Nely
Para: Tdos
E-mail: neli.maria@ig.com.br
Data: 23/05/15 23:24

Muita paz! gostaria se possível falar sobre Ectoplasma, qual sua função? abraço.
Nely

De: wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 23/05/15 12:57

Questões Espiritas.
O espírito se reencarna no mundo Terra para evoluir moralmente e intelectualmente, pela pratica sincera do Bem e das Virtudes, ele tem que combater as suas imperfeições morais para poder crescer espiritualmente, esse é o nosso Dever, lutar para Evoluir.
Temos que combater os maus pensamentos, vícios, maus desejos, maus hábitos, temos que cultivar valores morais positivos, sem isso ninguém consegue evoluir espiritualmente.
O Mestre Kardec e o Mestre Luiz de Mattos explanam em suas Obras que o objetivo primordial do Espiritismo é a melhoria moral do ser humano.
Perguntamos, qual melhoria moral e espiritual uma pessoa vai ter em usar charutos, cachaça, despachos e sacrificar animais inocentes???
Existe melhoria moral e espiritual nisso???
A nosso melhoria moral e espiritual esta na conduta reta, na pratica do Bem, do Amor, da Caridade, da Honestidade, da Fraternidade, do Respeito, da Disciplina, da elevação dos pensamentos, ser educado, ser cordial, ser trabalhador, ajudar os necessitados, amar e respeitar os animais, combater os vícios e maus pensamentos, ser humilde, dar uma palavra amiga para uma pessoa que esta em desespero, isso é EVOLUÇÃO espiritual, isso é respeito pelo ser humano.
Ficar matando ( sacrificando) pobres animais é um grave erro, qual melhoria moral e espiritual vamos ter com isso???????


Vejamos essa questão.


O que vai atrair os Espíritos Elevados e Superiores?

a)amuletos, talismã, velas, incenso, roupas brancas, imagens, charutos, e outros objetos matérias.

b)pensamentos positivos e nobres, bons sentimentos, a pratica sincera do bem e das virtudes, a conduta moral reta, a caridade, a honestidade, a fraternidade.

Basta manter os pensamentos elevados e firmes no bem e nas virtudes e praticar boas ações que a pessoa se encontrara protegida dos espiritos obsessores.
A Proteção psíquica esta exatamente em seus pensamentos e na sua conduta moral, seja forte na vontade e nos pensamentos, não se esqueça todo fraco todo bobão será explorado, manipulado e obsedado, reaja, tudo começa nos pensamentos.

Essa é a questão que devemos analisar, pensar e raciocinar, nós somos o que pensamos e atraímos pelo Pensamento bons ou maus espíritos, nenhum objeto material tem ação para atrair ou repelir os espíritos desencarnados, nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, é o fator principal para estabelecer Sintonia vibratória com o plano astral ou mundo espiritual.
Uma outra questão.
Para afastar os maus espíritos ( espíritos inferiores, perturbadores e obsessores), temos que buscar a nossa melhoria Moral e Mental, cultivar pensamentos puros, elevados e firmes no Bem, ter atitudes corretas e honestas, combater os maus pensamentos, combater os vícios, combater os maus hábitos, praticar a caridade e a fraternidade, ter uma fé racional e não cega, dessa forma a pessoa consegue elevar o seu padrão Vibratório, repelindo as vibrações negativas e pesadas dos espíritos obsessores, eles não conseguem entrar em Sintonia com a pessoa, as vibrações positivas repelem as vibrações negativas. Tudo é uma questão de Afinidade moral ou Sintonia, o Bem tem sintonia com o Bem, e o mal tem sintonia com o mal, tudo depende dos nossos PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E ATITUDES.
Vamos concluir que a Proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme seus pensamentos e conduta moral, essas superstições tolas de usar, velas, incenso, roupas brancas, amuletos, talismã, imagens de santos, banho de ervas, palavras sacramentais, são tudo baboseiras do misticismo, não tem nenhuma base racional.
É no Pensamento e na Conduta Moral que está a defesa psíquica contra os maus espíritos.
Allan Kardec disse que são as imperfeições morais da alma que atraem os maus espíritos, portanto, temos que combater essas imperfeições morais, para podermos afastar esses espíritos maldosos e ignorantes do plano astral.


Os maus espíritos não têm nenhum poder sobre as pessoas de Bem, os bons pensamentos, os sentimentos elevados e as atitudes corretas e honestas, vão sempre repelir as influências espirituais negativas, o Bem é mais forte que o mal, são as nossas imperfeições morais que atraem os espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, portanto, a nossa luta é contra as nossas imperfeições morais, combatendo elas os maus espíritos se afastam gradualmente. Assim como as moscas farejam as chagas do corpo, os maus espíritos farejam as chagas morais da alma, para afastar as moscas basta limpar o corpo das suas impurezas físicas, da mesma forma, a pessoa se depurando das suas impurezas morais, ela consegue repelir os espíritos perturbadores e obsessores.
É na elevação moral dos pensamentos e sentimentos e na prática sincera do Bem e das Virtudes, que está a Defesa psíquica contra os maus espíritos.
Não adianta usar amuletos, talismã, velas, roupas brancas, imagens de santos, palavras sacramentais, sinais cabalísticos, nada disso funciona, tudo reside em nossos pensamentos e sentimentos.


Vejamos agora uma observação muito importante do Professor J. Herculano Pires.

Não se deixe atrair por macumbas e as diversas formas de mistura de religiões africanas com as nossas crendices nacionais.
Não pense que alguém lhe pode tirar a obsessão com as mãos. Os passes têm por finalidade a transmissão de fluidos, de energias vitais e espirituais para fortificar a sua resistência.
Não confie em passes de gesticulação excessiva e outras fantasias. O passe é simplesmente a imposição das mãos, ensinada por Jesus e praticada por Ele. É uma doação humilde e não uma encenação, dança ou ginástica.
NÃO CARREGUE AMULETOS NEM PATUÁS OU COLARES MILAGROSOS. TUDO ISSO NÃO PASSA DE SUPERSTIÇÕES PROVINDAS DE RELIGIÕES DAS SELVAS. VOCÊ NÃO É SELVAGEM, É UMA CRIATURA CIVILIZADA CAPAZ DE RACIOCINAR E SÓ ADMITIR A FÉ RACIONAL.
Estude o Espiritismo e não se deixe levar por tolices.
Dedique-se ao estudo, mas não queira saltar de aprendiz a mestre, pois o mestrado em espiritismo só se realiza no plano espiritual. Na Terra somos todos aprendizes, com maior ou menor grau de conhecimento e experiência.

Como disse Herculano Pires: Não carregue amuletos nem patuás ou colares milagrosos. Tudo isso não passa de superstições provindas de religiões das selvas. Você não é selvagem, é uma criatura civilizada capaz de raciocinar e só admitir a fé racional.
Estude o Espiritismo e NÃO SE DEIXE LEVAR POR TOLICES.
Isso diz tudo.

Wilson Moreno discípulo da Grande Luz.


De: Jaine
Para: Família e Humanidade
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 22/05/15 21:22

Venho agradecer aos amigos espirituais pela força,sabedoria e ensinamentos que estou tendo em relação a vida em todos os sentidos,ahradeço pelas irmãs,sobrinhos e sobrinhas e cunhados e amigos de verdade pelo trabalho e pela orientação que estou tendo em Sabará na Fraternidade Caminhos de Luz, ilumine minha família e todos que tenhamos ótimos dias pela frente guarde meu coração de toda maldade,proteja a era e todos que a rodeiam,guarde também o Washington Fonseca Vieira filho da Marta Fonseca que está precisando de apoio que suavize sua pena muita luz e caminhos paz bondade misericórdias ..

De: Wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 18/05/15 14:32

Esclarecimentos de Raul Teixeira.

1)Por que no Brasil se confunde Espiritismo com cultos africanistas, com terreiros e coisas assim?

Raul Teixeira responde: Isso se deve ao fato de termos um grande contingente de pessoas que desconhecem o que seja o Espiritismo e que não se interessam, nem desejam saber o que realmente ele é. MUITOS ESPALHAM INFORMAÇÕES SOBRE O ESPIRITISMO DE ACORDO COM O QUE SUPÕEM QUE SEJA, DEMONSTRANDO GRANDE DOSE DE LEVIANDADE OU DE MÁ INTENÇÃO. Ainda que o Espiritismo e, por sua vez, os espíritas, não tenham nada contra as práticas e crenças africanistas, é importante que cada coisa esteja no seu lugar, facilitando até a busca e o enquadramento das criaturas que estão procurando novas propostas de vida. Somente por meio das leituras sérias e dos estudos metódicos se conseguirá desfazer a confusão que gera tantos mal entendidos entre os espiritualistas.

Nós espíritas pensamos o seguinte: ESPÍRITOS QUE PEDEM CHARUTO, BEBIDAS ALCOÓLICAS, COMIDA, SANGUE DE UM IRMÃO INFERIOR (ANIMAL) OU MESMO HUMANO, QUE PARTICIPAM DE TRABALHOS DE VINGANÇA OU OUTRA MALDADE QUALQUER, PRECISAM DE ESCLARECIMENTO CRISTÃO. ELES AINDA ESTÃO APEGADOS À COISAS MATERIAIS E SENTIMENTOS INFERIORES. Seria incoerente falarmos de Jesus e nos propor fazer maldade seja lá a quem for. Como podemos pedir ajuda a quem precisa de ajuda? Se Espíritos resolvessem problemas, Chico Xavier, que foi muito mais merecedor que muitos de nós, não teria sofrido com doenças e problemas. Já que vivia em contato direto com eles. Então, sigamos o conselho do apóstolo Paulo:\"Não creiais em todos os espíritos, mas examinai se eles são de Deus.\" (João 4:1). Paulo sabia que todos os Espíritos são de Deus, mas o propósito de alguns não são divino. Por isso, precisamos ter cuidado para não nos confundirmos, não nos aliarmos, não incentivarmos, não nos comprometermos com a lei divina.

O Espiritismo é uma doutrina sem sacerdotes, sem dogmas, sem rituais, não adota em suas reuniões e em suas práticas qualquer tipo de paramentos ou vestes especiais (as vestes brancas devem ser as que nos cobrem o espírito e o nosso perispírito); não utilizamos sal grosso, plantas, amuletos, etc. (porque o nosso coração é nosso escudo, quando nele mora o amor); não adotamos cálice com vinho ou bebidas alcoólica (os espíritas não devem alimentar o vício do álcool nem do fumo, porque precisamos estar lúcidos para apreciar a beleza da vida); não utilizamos incenso, mirra, velas (porque são coisas materiais e nós usamos a prece para nos sustentar o espírito); não temos altares, imagens, andores, procissões, pagamento pelos trabalhos espirituais, talismãs, sacrifício animal, santinhos, administração de indulgências, confecção de horóscopos, exercício da cartomancia, quiromancia, astrologia, numerologia, cromoterapia, pagamento de promessas, despachos, riscos de cruzes e pontos, não temos curas espirituais com cortes, orações milagrosas para resolver problemas sentimentais, financeiros, etc.

2)Vou realçar essa observação do Raul Teixeira.
Nós espíritas pensamos o seguinte: ESPÍRITOS QUE PEDEM CHARUTO, BEBIDAS ALCOÓLICAS, COMIDA, SANGUE DE UM IRMÃO INFERIOR (ANIMAL) OU MESMO HUMANO, QUE PARTICIPAM DE TRABALHOS DE VINGANÇA OU OUTRA MALDADE QUALQUER, PRECISAM DE ESCLARECIMENTO CRISTÃO. ELES AINDA ESTÃO APEGADOS À COISAS MATERIAIS E SENTIMENTOS INFERIORES.

Nessas observações do Raul Teixeira, vemos que somente espíritos materializados apegados as sensações matérias é que pedem essas coisas como, bebida, cigarros, charutos, despachos e sacrifícios de pobres animais.
Os espíritos de luz não necessitam de coisas matérias.
Isso é lógico e racional basta estudar o Espiritismo para ver essa Verdade.

Fonte Site Grupo Allan Kardec.

Wilson Moreno.




De: binho
Para: todos
E-mail: binhovsilva@hotmail.com
Data: 15/05/15 09:54

É urgente que olhemos para nosso interior, afim de reconhecermos nossos pontos vulneráveis e vencermos as paixões ainda existentes no coração. A reforma íntima é questão de ordem que não deve tardar. O mundo como está hoje, apressado, agoniado, imediatista não deve contaminar nossos comportamentos de pessoas conscientes das nossas responsabilidades e da nossa realidade de espírito imortal. Tudo na natureza é equilíbrio.. nós humanos, não somos diferentes. Precisamos de equilíbrio para mantermos a saúde em dia. Roguemos ao Pai Celestial e ao nosso Mestre Jesus que nos dê o discernimento preciso

 
 
Busca
  
  
  
 
Temas Importantes
- Reencarnação
- Obsessão
- Mediunidade
 
Divulgação
- Indique o Site
- Adicione aos Favoritos
 
Mensagem do dia
“Não pares de trabalhar e servir. Encoraja-te na luz oculta do bem, escora-te em Deus e segue adiante”. Batuíra
 
Boletim Eletrônico
Cadastre seu e-mail e receba mensagens de Luz, textos e outras informações.
E-mail

Assinar Remover
Copyright© 2004/2015 - O Espiritismo - Araraquara/SP - Todos os direitos reservados

Webmaster