Mensagens de Luz  
 
 
  Textos Espíritas  
 
 
  Mural de Recados  
 
 
  Guia de Centros Espíritas  
 
 
  Ouça Mensagens  
 
 
Página Inicial - O Espiritismo
 Home
 A Doutrina
  O que é?
  Conheça Allan Kardec
  Biografias
  Galeria de Imagens
  Quem Somos
  Fale Conosco
  Links Indicados
  Sugestão de Livros
  Obras Básicas
 O Espiritismo e Você
  Mensagens de Luz
  Textos Espíritas
  Mural de Recados
  Guia de Endereços
  de Centros Espíritas
  Ouça Mensagens
 
 
>> MURAL DE RECADOS
 
Mural
De: jaine
Para: Encarnados e Desencarnados
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 20/10/14 20:50

Que os bons espíritos e Jesus o nosso Criador possa nos fortalecer a todos os encarnados, que possamos ficar me luz e harmonia aqui nesse plano terrestre para que aceitemos de bom grado e nos dando muitas vibrações positivas porque estamos aqui só de passagem e Deus sabe o que é bom para nós todos do mundo inteiro,vamos emanar muita humildade e misericórdia a mim e a todos que me rodeiam no dia a dia sempre muita força e paz e aos desencarnados que estejam em sabedoria plena em suas novas caminhadas aceitamos que espíritos de luz estarão acompanhando-os e olhando por eles sempre assim seja paz

De: jaine
Para: Todos e Família
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 18/10/14 21:24

Venho pedir aos bons espíritos muita luz,sabedoria,harmonia,humildade,humanidade e muito amor a todas as pessoas do mundo inteiro,paz e paciência,tolerância, verdadeiramente muito amor e paz em todos os sentidos. Mandar vibrações positivas para os encarnados e desencarnados amigos e inimigos que estão aqui na vida terrena e na espiritual agora, que encontremos todos a alegria e a lógica de que estamos aqui de passagem e que a nossa caminhada com Jesus e os companheiros espirituais temos de agradecer pelos que estiveram conosco em muito ou pouco tempo olhe pela mamãe,irmão e parentes assim seja

De: Wilson
Para: Os Estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 17/10/14 08:32

As Mistificações como evitar.

O Mestre Allan Kardec fala sobre as Mistificações e a Identidade dos Espíritos desencarnados.
Vejamos as suas Observações Doutrinarias, que se encontra na Obra O Livro dos Médiuns.

1)A malandragem dos Espíritos mistificadores ultrapassa ás vezes tudo que se possa imaginar.A arte com que assestam as suas baterias e tramam os meios de persuadir seria digno de atenção, caso se limitassem a brincadeiras inocentes. Mas as mistificações podem ter conseqüências desagradáveis abrimos os olhos a tempo a muitas pessoas que nos pediram conselhos, livrando-as de situações ridículas e comprometedoras.

Entre os meios empregados por esses Espíritos devemos colocar em primeiro lugar, como os mais freqüentes, os que excitam a cupidez, como a revelação de pretensos tesouros ocultos, o anúncio de herança e de outras fontes de riqueza. Devem, também se considerar desde logo suspeitas às predições com épocas marcadas e todas as indicações precisas referentes a interesses materiais.Toda cautela com as providências prescritas ou aconselhadas pelos Espíritos, Quando os fins não forem claramente razoáveis.

Existe muitos espíritos mentirosos, hipócritas, embusteiros no mundo invisível, eles tomam nomes falsos, nomes venerados, pomposos, importantes para iludir as pessoas, também usam uma linguagem melosa, doce, meiga para seduzir as pessoas, falam em Deus, Jesus, caridade para nos enganar é um tipo de mascara, temos que analisar todas as mensagens e comunicações que venha dos espíritos desencarnados pelo crivo severo da razão e da lógica, qualquer ofensa a razão, a lógica e ao bom sendo, denuncia a presença de espíritos atrasados e embusteiros, fiquem sempre alertas, analisem tudo de forma rigorosa pelo crivo da razão e da lógica.
Não aceite nada sem exame, espíritos desencarnados que pedem bebidas alcoólicas, cigarros, charutos, despachos, velas, sacrifícios de pobres animais, são espíritos inferiores ainda apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos.
Fiquem sempre alertas, analise tudo de forma racional sem empolgações e sem entusiasmos, sejam precavidos, orar e vigiar.

Jamais se deixar ofuscar pelos nomes usados pelos Espíritos para darem validade ás suas palavras.
Desconfiar das teorias e sistemas científicos ousados.Enfim, desconfiar de tudo o que se afaste do objetivo moral das manifestações.Poderíamos escrever um volume dos mais curiosos com as estórias de todas as mistificações que têm chegado ao nosso conhecimento.

A PRÁTICA DO ESPIRITISMO, COMO ADIANTE VEREMOS, REQUER MUITO TATO PARA SE DESFAZER O EMBUSTE DOS ESPÍRITOS MISTIFICADORES.

2)SUBMETENDO-SE TODAS AS COMUNICAÇÕES A RIGOROSO EXAME, SONDANDO E ANALISANDO SUAS IDÉIAS E EXPRESSÕES, COMO SE FAZ AO JULGAR UMA OBRA LITERÁRIA – E REJEITANDO SEM HESITAÇÃO TUDO O QUE FOR CONTRÁRIO À LÓGICA E AO BOM SENSO, TUDO O QUE DESMENTE O CARÁTER DO ESPÍRITO QUE SE PENSA ESTAR MANIFESTANDO, — consegue-se desencorajar os Espíritos mistificadores que acabam por se afastar, desde que se convençam de que não podem nos enganar.

REPETIMOS QUE ESTE É O ÚNICO MEIO, MAS É INFALÍVEL PORQUE NÃO EXISTE COMUNICAÇÃO MÁ QUE RESISTA A UMA CRÍTICA RIGOROSA. Os Espíritos bons jamais se ofendem, pois eles mesmos nos aconselham a proceder assim e nada têm a temer do exame. Somente os maus se melindram e procuram dissuadir-nos, porque têm tudo a perder. E por essa mesma atitude provam o que são.

Como explica Kardec temos que usar a Critica para analisar as comunicações dos espíritos desencarnados.
Tudo tem que ser analisado pelo Crivo severo da Razão e da lógica, qualquer ofensa a razão, a lógica e a moral elevada, deve ser rigorosamente rejeitado.
A fé no Espiritismo tem que ser Raciocinada e não cega.


Eis o conselho dado por São Luís a respeito:
“Por mais legítima confiança que vos inspirem os Espíritos dirigentes os vossos trabalhos, há uma recomendação que nunca seria demais repetir e que deveis ter sempre em mente aos vos entregar aos estudos: a de pensar e analisar, submetendo ao mais rigoroso controle da razão todas as comunicações que receberdes; a de não negligenciar, desde que algo vos pareça suspeito, duvidoso ou obscuro, de pedir as explicações necessárias para formar a vossa opinião”.


3) Como avaliar o estado evolutivo dos espíritos desencarnados, vejamos as observações do Mestre Allan Kardec, que se encontra na obra O Livro dos médiuns.

a) Não há outro critério para se discernir o valor dos Espíritos senão o bom senso. Qualquer fórmula dada pelos próprios Espíritos, com esse fim, é absurda e não pode provir de Espíritos superiores.
Julgamos os Espíritos pela sua linguagem e as suas ações. As ações dos Espíritos são os sentimentos que eles inspiram e os conselhos que dão.

Admitido que os Espíritos bons só podem dizer e fazer o bem, tudo o que é mau não pode provir de um Espírito bom.
A LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS SUPERIORES É SEMPRE DIGNA, ELEVADA, NOBRE, SEM QUALQUER MISTURA DE TRIVIALIDADE. ELES DIZEM TUDO COM SIMPLICIDADE E MODÉSTIA, NUNCA SE VANGLORIAM, NÃO FAZEM JAMAIS EXIBIÇÃO DO SEU SABER NEM DE SUA POSIÇÃO ENTRE OS DEMAIS. A LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS INFERIORES OU VULGARES É SEMPRE ALGUM REFLEXO DAS PAIXÕES HUMANAS.
TODA EXPRESSÃO QUE REVELE BAIXEZA, AUTO-SUFICIÊNCIA, ARROGÂNCIA, FANFARRONICE, MORDACIDADE É SINAL CARACTERÍSTICO DE INFERIORIDADE. E DE MISTIFICAÇÃO, SE O ESPÍRITO SE APRESENTA COM UM NOME RESPEITÁVEL E VENERADO.

b) Os Espíritos superiores têm, como dissemos em muitas circunstâncias, uma linguagem sempre digna, nobre, elevada, sem mistura com qualquer trivialidade; eles dizem tudo com simplicidade e modéstia, não se vangloriam nunca, não exibem jamais seu saber nem sua posição entre os outros. A dos Espíritos inferiores ou vulgares tem sempre algum reflexo das paixões humanas; toda a expressão que exala a baixeza, a suficiência, a arrogância, a fanfarrice, a acrimônia, é um indício característico de inferioridade, ou de fraude se o Espírito se apresenta sob um nome respeitável e venerado.

Os bons Espíritos não dizem senão o que sabem; eles se calam ou confessam sua ignorância sobre o que não sabem. Os maus falam de tudo com segurança, sem se importarem com a verdade. Toda heresia científica notória, todo princípio que choca com a razão e o bom senso, mostra a fraude se o Espírito se dá por um Espírito esclarecido.


c) Distinguir os bons dos maus Espíritos é extremamente fácil.
A LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS SUPERIORES É CONSTANTEMENTE DIGNA, NOBRE, REPLETA DA MAIS ALTA MORALIDADE, LIVRE DE TODA PAIXÃO INFERIOR; SEUS CONSELHOS EXALTAM A SABEDORIA MAIS PURA E SEMPRE TÊM POR OBJETIVO NOSSO APERFEIÇOAMENTO E O BEM DA HUMANIDADE. A LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS INFERIORES, AO CONTRÁRIO, É INCONSEQÜENTE, MUITAS VEZES BANAL E ATÉ MESMO GROSSEIRA; se por vezes dizem coisas boas e verdadeiras, dizem na maioria das vezes coisas falsas e absurdas por malícia ou por ignorância. Zombam da credulidade e se divertem à custa daqueles que os interrogam ao incentivar a vaidade, alimentando seus desejos com falsas esperanças. Em resumo, as comunicações sérias, no verdadeiro sentido da palavra, apenas acontecem nos centros sérios, cujos membros estão unidos por uma íntima comunhão de pensamentos, visando ao bem.


d) Os Espíritos levianos são ainda reconhecidos pela facilidade com que predizem o futuro e se referem com precisão a fatos materiais que não podemos conhecer. Os Espíritos bons podem fazer-nos pressentir as coisas futuras, quando esse conhecimento for útil, mas jamais precisam as datas. Todo anúncio de acontecimento para uma época certa é indício de mistificação.
Os Espíritos superiores se exprimem de maneira simples, sem prolixidade. Seu estilo é conciso, sem excluir a poesia das idéias e das expressões, claro, inteligível a todos, não exigindo esforço para a compreensão. Eles possuem a arte de dizer muito em poucas palavras, porque cada palavra tem o seu justo emprego.
Os Espíritos inferiores ou pseudo-sábios escondem sob frases empolgadas o vazio das idéias. Sua linguagem é freqüentemente pretensiosa, ridícula ou ainda obscura, a pretexto de parecer profunda.
OS ESPÍRITOS BONS JAMAIS DÃO ORDENS: NÃO QUEREM IMPOR-SE, APENAS ACONSELHAM E SE NÃO FOREM OUVIDOS SE RETIRAM. OS MAUS SÃO AUTORITÁRIOS, DÃO ORDENS, QUEREM SER OBEDECIDOS E NÃO SE AFASTAM FACILMENTE. TODO ESPÍRITO QUE SE IMPÕE TRAI A SUA CONDIÇÃO.
São exclusivistas e absolutos em suas opiniões e pretendem possuir o privilégio da verdade. Exigem a crença cega e nunca apelam para a razão, pois sabem que a razão lhes tiraria a máscara.
OS ESPÍRITOS BONS NÃO FAZEM LISONJAS. APROVAM O BEM QUE SE FAZ, MAS SEMPRE DE MANEIRA PRUDENTE.
OS MAUS EXAGERAM NOS ELOGIOS, EXCITAM O ORGULHO E A VAIDADE, EMBORA PREGANDO A HUMILDADE, E PROCURAM EXALTAR A IMPORTÂNCIA PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM CONQUISTAR.


e)Devemos desconfiar dos nomes bizarros e ridículos usados por certos Espíritos que desejam impor-se à credulidade. Seria extremamente absurdo tomar esses nomes a sério.

Devemos igualmente desconfiar dos Espíritos que se apresentam com muita facilidade usando NOMES BASTANTE VENERADOS, e só com muita reserva aceitar o que dizem. Nesses casos, sobretudo, é que um controle se torna indispensável. Porque é freqüentemente a máscara que usam para levar-nos a crer em pretensas relações íntimas com Espíritos excelsos. Dessa maneira eles lisonjeiam a vaidade do médium e se aproveitam dela para o induzirem a atos lamentáveis e ridículos.
Os Espíritos bons são muito escrupulosos no tocante às providências que podem aconselhar. Em todos os casos têm apenas em vista um fim sério e eminentemente útil. Devemos pois encarar como suspeitas todas aquelas que não tenham esse caráter ou sejam condenáveis pela razão, refletindo maduramente antes de adotá-las, pois do contrário nos exporemos a mistificações desagradáveis.


f)Os Espíritos bons só ensinam o bem. Toda máxima, todo conselho que não for estritamente conforme a mais pura caridade evangélica não pode provir de Espíritos bons.
OS ESPÍRITOS BONS SÓ DÃO CONSELHOS PERFEITAMENTE RACIONAIS. TODA RECOMENDAÇÃO QUE SE AFASTE DA LINHA RETA DO BOM SENSO OU DAS LEIS IMUTÁVEIS DA NATUREZA ACUSA A PRESENÇA DE UM ESPÍRITO RESTRITO E PORTANTO POUCO DIGNO DE CONFIANÇA.
Os Espíritos maus ou simplesmente imperfeitos ainda se revelam por sinais materiais que a ninguém poderão enganar.
A ação que exercem sobre o médium é às vezes violenta, provocando movimentos bruscos e sacudidos, uma agitação febril e convulsiva que contrasta com a calma e a suavidade dos Espíritos bons.
Estudando-se com atenção o caráter dos Espíritos que se manifestam, sobretudo sob o aspecto moral, reconhece-se a sua condição e o grau de confiança que devem merecer. O bom senso não se enganará.

4) Podemos concluir o seguinte.
Vamos reconhecer a elevação dos espíritos desencarnados pela sua Linguagem e pelos seus ensinamentos.
Os Espíritos de Luz ou Espíritos Elevados possuem sempre uma Linguagem moralmente limpa e elevada.
Os Espíritos Elevados possuem uma Linguagem pura, digna, nobre, lógica, isenta de vulgaridades e expressões grosseiras, sua Linguagem é sempre Moralizadora incentivando as pessoas a seguirem o Caminho do Bem e das Virtudes.
Os espíritos inferiores possuem uma Linguagem moralmente pesada e grosseira, sua linguagem reflete as paixões e vícios humanos, como, o ódio, a revolta, o rancor, o medo, o fanatismo, desejos de vingança, apego aos vícios de beber e fumar e outros vícios como a gula, o jogo e as drogas, esses espíritos inferiores estão na atmosfera terrena tentando viver entre os encarnados.
Os encarnados que possuem maus pensamentos, maus desejos, vícios, e tem uma vontade fraca, são os mais visados por esses espíritos inferiores e obsessores da atmosfera terrena, eles procuram intuir ou inspirar maus pensamentos e vícios na mente das pessoas.
Para afastar esses maus espíritos, temos que cultivar uma vida terrena digna, correta, honesta, com pensamentos elevados e positivos e procurar sempre combater os maus pensamentos, os maus desejos, os vícios.
A nossa Conduta Moral tem que ser Reta no Cristo.
Dessa forma os maus espíritos não conseguem se sintonizar com a nossa mente estamos vibrando em outra faixa, a proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme a sua forma de pensar, sentir e agir.
Tudo depende dos nossos pensamentos, sentimentos e atitudes.
Uma outra questão muito importante.
TODA COMUNICAÇÃO DADA PELOS ESPIRITOS DESENCARNADOS, TEM QUE PASSAR PELO CRIVO SEVERO DA RAZÃO E DA LÓGICA PARA PODER SER ACEITO.
QUALQUER OFENSA A RAZÃO, A LÓGICA E A MORAL ELEVADA, DEVE SER RIGOROSAMENTE REJEITADO, SEJA QUAL FOR O NOME DADO PELO ESPÍRITO COMUNICANTE.
EXISTE MUITOS ESPIRITOS EMBUSTEIROS, MENTIROSOS, HIPÓCRITAS E MISTIFICADORES NO MUNDO ESPIRITUAL, DEVEMOS TOMAR MUITO CUIDADO.

Wilson Moreno


De: Victor Hugo
Para: Todos
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 15/10/14 09:33

Vive de tal forma que deixes pegadas luminosas no caminho percorrido, como estrelas apontando o rumo da felicidade. Joanna de Ângelis (espírito), psicografia de Divaldo Franco. Livro: Momentos de Felicidade.

A existência terrestre pode ser comparada a uma laboriosa viagem. O corpo é a embarcação, o pensamento é a força, a língua é o leme. Emmanuel (espírito) / psicografia de Chico Xavier. Livro: O Espírito da Verdade

De: Wilson
Para: Os Estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 14/10/14 19:35

O Deus bíblico não existe.

Deus existe, Ele é o Criador da Vida, do Universo e da Luz, o que eu estou tentando analisar que o Deus que esta na bíblia é um Deus criado pela mente dos homens, esse Deus bíblico sente ira, cólera, sente raiva, pedi sacrifícios de animais, manda exterminar povos estrangeiros, vamos analisar que Deus sendo a Perfeição Completa o Criador da Vida e do Universo ele não pode ter as imperfeições morais que o ser humano tem, Deus não sente ira, Deus não sente cólera, Deus não manda exterminar povos estrangeiros, Deus não pede sacrifícios de animais.
Vamos concluir que o Deus bíblico tem as paixões e as imperfeições morais dos homens, foi o homem que imaginou Deus dessa forma.
Deus existe ele é real, nós somos seus filhos, nós somos seres divinos, Deus nos criou.
Portanto, eu acredito em Deus.
Sobre a natureza de Deus, o Mestre Jesus disse Deus é ESPIRITO, portanto, a natureza de Deus é espiritual e não material, Deus não tem forma material nem corporal, Deus é Espirito e Luz.
Para se adorar Deus só existe uma forma PRATICAR as Virtudes, são as boas obras, os bons pensamentos, a pratica do Bem, da Caridade, do Amor, da honestidade, que vai nos ligar ao Criador incriado.
Deus é Amor, Perfeição e Luz.
Temos que buscar Deus de uma forma Moral, pelo aprimoramento espiritual, praticando as virtudes.
Eu posso acreditar em Deus e continuar maldoso, desonesto, falso, racista, mesquinho, vulgar, malandro, vicioso, buscar Deus é se melhorar MORALMENTE e intelectualmente, trilhando o caminho da Luz, das Virtudes, da Justiça, da Moralidade, da Paz.
Deus é Virtudes e o caminho para Ele é exatamente as Virtudes.

Sobre a bíblia ela é um livro de origem humana e como tal apresenta coisas certas e erradas, coisas positivas e negativas, coisas boas e ruins, temos que estudar a bíblia de uma forma racional sem misticismos e fantasias, a bíblia apresenta coisas boas e positivas, mais ela não é um livro divino e perfeito, ela é de origem humana.
Deus não escreve livros, a bíblia de Deus é a Ciência, a Natureza, o Universo.

O ser humano é um espírito encarnado no plano material para EVOLUIR pelo aprimoramento moral e Intelectual, estamos no mundo terra é para Vencer e crescer, nós somos seres divinos filhos da Luz.
Deus não criou nenhum espírito para ser um fraco, um derrotado, um pobre coitado, uma vitima do destino, nada disso existe.
Deus nós criou para Vencer, Evoluir e sermos felizes.
O ser humano é um ser divino dotado de um grande poder espiritual que vai sendo desenvolvido gradativamente mediante múltiplas reencarnações, nós podemos vencer muita coisa, basta acreditar em si mesmo, na força invisível dos seus pensamentos.
Nós somos o que pensamos.
Perguntamos.
Deus criou o ser humano para ser fraco, pequeno, limitado, para sermos seres fracassados diante da vida??????
Claro que não.
Deus te criou para a Vitoria e para a Luz.
NÓS SOMOS CRIADOS PELO MESMO PODER QUE CRIOU O UNIVERSO, DEU PARA ENTENDER.

Nós somos uma CRIAÇÃO DIVINA.

Nós somos seres divinos e poderosos.
Vos sois deuses.

O Bem e o mal.
Deus sendo o Criador do universo a Perfeição em tudo, ele não poderia criar coisas ruins e negativas.
Deus criou a Luz, o Bem, as Virtudes, a Moral, a Fraternidade, a Paz.
O homem pela sua baixa evolução moral e espiritual é que criou as guerras, as violências, a miséria, a exploração capitalista, as maldades contra os animais, a desonestidade, o racismo etc...
O mal é de origem humana.
O bem é de origem Divina.
Mais pela evolução espiritual o homem vai se melhorando moralmente e passa a edificar as virtudes, a moral e a justiça.
Ele passa a promover a Luz, sendo um agente dessa luz.


Os milagres

Deus o Criador incriado rege e regula toda a Obra Universal através de Leis naturais, eternas e imutáveis são as Leis divinas.
Tudo no mundo visível e no mundo invisível é regulado por essas Leis.
O milagre e o sobrenatural seriam derrogações das Leis naturais, como as Leis de Deus são perfeitas e imutáveis e Deus não derroga as suas Leis, vamos concluir que não existem milagres e nem o sobrenatural no Universo, por que, tudo é regulado por essas Leis perfeitas, naturais e imutáveis.
Deus não derroga as suas leis.
Todos os fenômenos psíquicos e físicos que observamos no Universo, são fenômenos NATURAIS regulados pelas Leis divinas, que são naturais, perfeitas e imutáveis.
Deus para provar a sua grandeza não precisa derrogar as suas Leis, ele prova a sua grandeza e sabedoria pela harmonia e perfeição das Leis que regulam o Universo.
Tudo na Obra Universal é Perfeição, Beleza profunda, Sabedoria, Evolução, Deus é perfeito em suas Leis e em suas Obras.
Deus é a Ciência completa e perfeita em tudo.
O Deus bíblico é uma criação humana, esse Deus que castiga, que pune, que realiza milagres, que pede sacrifícios de animais, que realiza guerras, que sente cólera e ira, manda exterminar povos estrangeiros, é um Deus Matéria com as imperfeições morais dos homens.
O Deus colocado por Moises gera medo e pavor.

Vejamos uma Observação importante do Mestre Allan Kardec sobre essa questão que se encontra no livro a A Gênese.

OS MILAGRES NÃO SÃO NECESSÁRIOS PARA A GLÓRIA DE DEUS; NADA NO UNIVERSO SE AFASTA DAS LEIS GERAIS. DEUS NÃO FAZ MILAGRES, PORQUE, SENDO SUAS LEIS PERFEITAS, ELE NÃO TEM NECESSIDADE DE AS DERROGAR. SE SE TRATA DE FATOS QUE NÃO COMPREENDEMOS, É QUE AINDA NOS FALTAM OS CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS.

O Mestre Kardec disse. Deus não faz milagres.
O Espiritismo pela fé raciocinada combate as superstições, o sobrenatural e as crendices.
O Racionalismo Cristão também explana esses assuntos.

Busquemos Deus mais de uma forma racional pelo caminho do Bem, das Virtudes, da caridade, do amor, do respeito pelos animais, da honestidade.
Deus é Espírito e não matéria.

Depois eu procuro ver outras questões.
Um abraço a todos.

Wilson Moreno.

De: Victor Hugo
Para: EVERSON
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 14/10/14 15:40

Caro irmão EVERSON,
Que a Paz do Amado Mestre Jesus lhe envolva hoje e sempre!
Tenha um dia lindo!

O Espiritismo é o Consolador prometido por Jesus, que veio, no devido tempo, recordar e complementar o que Ele ensinou, \"restabelecendo todas as coisas no seu verdadeiro sentido\", trazendo, assim, à Humanidade, as bases reais para sua espiritualização. É de grande relevância recordarmos que Jesus, em sua primeira e única encarnação na Terra, despediu-se dos discípulos com um discurso. Assim, o Mestre – o espírito mais perfeito que já passou pela Terra, o nosso Governador Espiritual, o nosso único Guia e Modelo – afirmou:
\"Se vós me amais, guardai meus mandamentos; e eu pedirei a meu Pai e ele vos enviará outro Consolador, a fim de que fique eternamente convosco: - O Espírito de Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê e não o conhece. Mas, quanto a vós, conhecê-lo-eis porque permanecerá convosco e estará em vós. - Porém, o Consolador, que meu Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará recordar tudo o que vos tenho dito. Ademais, eu não posso dizer tudo agora.\" (João, cap. XIV, v. 15 a 17 e 26).


Sendo assim, é a Doutrina de Jesus, é a Doutrina Filosófica, Científica, e Religiosa Codificada pelo missionário Allan Kardec, sendo que há cinco obras básicas:
O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho Segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno, e A Gênese.


Todas as religiões dizem que DEUS é justo: o Espiritismo prova com a reencarnação, tal como disse Jesus \"Para adentrar ao Reino dos Céus é necessário nascer de novo\". Todas as religiões dizem que a alma é imortal, o Espiritismo demonstra pela comunicação dos Espíritos. Somente a Doutrina Espírita elucida os meandros da Lei de causa e efeito, o porque da dor, do sofrimento e da aflição, como Jesus disse (Mateus, cap. 16, vers. 27): \"A cada um será dado segundo as suas obras\". Apenas a Doutrina Espírita apresenta argumentos irrefutáveis acerca da pluralidade dos mundos habitados, tal como estabeleceu Jesus (João, cap. 14, vers. 1 a 3): \"Há muitas moradas na Casa de meu Pai\". Finalmente, para não tomarmos muito o seu tempo, só o Espiritismo explica como ocorre o intercâmbio entre os dois planos da vida, o mundo espiritual e o material. E assim por diante.

Posto isso, deve-se fazer o auto-encontro, o auto-descobrimento, e trabalhar para Jesus. Na questão 919 de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec perguntou:

\"Qual é o meio prático mais eficaz para evoluir na Terra sem se deixar levar pelas más tendências?\" É o mesmo que perguntar: como chegar à felicidade possível na Terra?

E os espíritos superiores responderam: \"Um sábio da antiguidade já disse: conhece-te a ti mesmo\".

Posto isso, a Terra configura-se como sendo uma escola de bençãos em que nós aprendemos bastante; mas também a Terra é uma oficina de Luz na qual, se nos empenhamos no Evangelho de Jesus, nós trabalhamos muito, pois o Evangelho é muito claro: todos temos uma tarefa na Terra.

Se você recorrer ao maior tratado de psicoterapia já escrito na Terra, O Evangelho Segundo o Espiritismo, irá perceber que, no capítulo 3 Allan Kardec classifica a Terra como um mundo de expiação e provas. Se for ao capítulo 5, irá encontrar os ítens Causas Atuais das Aflições e causas Anteriores das Aflições.

Cabe lembrar que DEUS nos concedeu o livre-arbítrio, a liberdade de pensar e agir como quisermos e, assim, somos os responsáveis pelos nossos atos nesta reencarnação e nas outras e arcamos com as conseqüências sejam boas ou não, da mesma forma que somos os construtores do nosso futuro tendo como base as nossas ações nos dias atuais. Daí a máxima do Mestre já citada: \"A cada um será dado segundo as suas obras\". (Mateus, cap. 16, vers. 27) Consulte a questão 115 de O Livro dos Espíritos, e perceberá que todos fomos cridos espíritos simples e ignorantes; por conseguinte, ao longo das várias reencarnação, mediante o uso do livre-arbítrio, construímos a nossa própria personalidade. Desse modo, por exemplo, não está previsto que alguém reencarne na Terra, use cigarro, e tenha câncer no pulmão: está previsto que a pessoa supere, se liberte da má tendência do vício. Como? Pelo bom uso do livre-arbítrio.


Sugerimos que vá à Casa Espírita e ouça as palestras. Inicie o Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita.

Leia os seguintes livros: O Evangelho Segundo o Espiritismo (de Allan Kardec); O Livro dos Espíritos (de Allan Kardec) e O Livro dos Médiuns (Allan Kardec). Siga em frente com perseverança.

Comece por O Evangelho Segundo o Espiritismo e O Livro dos Espíritos.


A partir daí, indico-lhe os seguintes:


Manoel Philomeno de Miranda (espírito), escreveu 16 livros até o momento por Divaldo Franco. É o maior especialista em mediunidade e obsessão que se comunica com a Terra. Sugiro que leia Entre os Dois Mundos e Nas Fronteiras da Loucura.


Emmanuel (espírito), guia de Chico Xavier, sempre retrata a questão moral, como nos livros Fonte Viva, Vinha de Luz, e Caminho, Verdade e Vida. Também há os romances.....leia Paulo e Estevão.


André Luiz é um repórter do mundo espiritual. Escreveu por Chico Xavier também. Sugiro que leia E a Vida Continua e No Mundo Maior.


Victor Hugo (espírito), é aquele que foi romancista francês. Escreve por Divaldo Franco e é, simplesmente, muito bom. Sugiro Os Diamantes Fatídicos e Quedas e Ascensão. São romances verídicos que abordam as Leis Divinas de maneira veemente.


Amélia Rodrigues (espírito). Poetisa notável que escreve sobre a época de Jesus e os eventos em que o Mestre ensinou. São 12 livros psicografados por Divaldo Franco. Sugiro Até o Fim dos Tempos e Há Flores no Caminho.

Joanna de Ângelis é a mentora espiritual de Divaldo Franco. Sugerimos Vida Feliz, Episódios Diários, Iluminação Interior, Nascente de Bênçãos e Entrega-te a DEUS. Além disso, indicamos a série psicológica de 16 livros da benfeitora espiritual:

01 - Jesus e Atualidade
02 - O Homem Integral
03 - Plenitude
04 - Momentos de Saúde
05 - O Ser Consciente
06 - Autodescobrimento
07 - Desperte e Seja Feliz
08 - Vida: Desafios e Soluções
09 - Amor, Imbatível Amor
10 - O Despertar do Espírito
11 - Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
12 - Triunfo Pessoal
13 - Conflitos Existenciais
14 - Encontro com a Paz e a Saúde
15 - Em Busca da Verdade
16 - Psicologia da Gratidão



E assim vai.....

Faça, também, o evangelho no lar. (instruções abaixo)

Colocamos abaixo mensagens de Luz para você

Muita Paz

Fique com DEUS

\"Bem-aventurados os mansos e pacíficos, pois herdarão a Terra\". JESUS (Mateus, cap. 5, vers. 5)

\"Buscai a Verdade; a Verdade vos libertará\". JESUS (João, cap. 8, vers. 32)

\"Fora da caridade não há salvação\" ALLAN KARDEC

\"Fé inabalável é somente aquela que pode encarar a razão, face a face, em todas as épocas da Humanidade\". ALLAN KARDEC

\"Todos os Espíritos estão destinados à perfeição, e Deus lhes fornece as maneiras de alcançá-la por meio da reencarnação\". ALLAN KARDEC


\"Pensamento otimista e sadio, palavra esclarecedora, sem a pimenta da
malícia ou da censura e atitudes bem definidas no compromisso superior
aceito, ser-te-ão abençoadas forças mentais e escoras morais
impedindo-te que erres ou que caias. Abre, desse modo, os teus braços, submete- te cruz redentora e avança. Pára a ouvir um pouco as vozes do passado
que ensinam experiências e não temas: sê fiel a Jesus até o fim!\"
Joanna de Ângelis (espírito) / Divaldo Franco


Nosso espírito residirá onde projetarmos nossos pensamentos, alicerces
vivos do bem e do mal. Por isto mesmo, dizia Paulo, sabiamente: -
\"Pensai na coisas que são de cima.\"
Emmanuel (espírito) / psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Cada criatura constrói na própria mente e no próprio coração o paraíso
que a erguerá ao nível sublime da perfeita alegria, ou o inferno que a
rebaixará aos mais escuros antros de sofrimento. Emmanuel (espírito) / psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Acalma a mente e harmoniza o mundo interior.
A paz legítima emerge do coração feliz e da mente que compreende, age
e confia. Joanna de Ângelis (espírito) / psicografia de Divaldo Franco

Não sobrecarregues os teus dias com preocupações desnecessárias, a fim
de que não percas a oportunidade de viver com alegria. André Luiz (espírito) / psicografia de Francisco Cândido Xavier.


ALEGRIA

A vida é benção, e deve ser mantida saudável, alegre, promissora, mesmo quando sob a injunção libertadora de provas e expiações.Tornando tua vida agradável, serão frutíferos e ensolarados todos os teus dias. Sempre pense de modo saudável, por mais que sintas o coração doer ou sensações ruins. Eleva-te sempre, não dês atenção à perturbação. Seguindo esta conduta alegre você irá, com o passar do tempo, ficar bem e desfrutar de paz interior.

Vives consoante pensas e almejas, consciente ou inconscientemente.

Conforme dirijas a mente, recolherás os resultados. Possuis todos os recursos ao alcance da vontade. Canalizando-a para o bem ou para o mal, fruirás saúde ou doença. Tem em mente, no entanto, que o teu destino é programado pela tua mente e pelos teus atos, dependendo de ti a direção que lhe concedas.

Autor: Joanna de Ângelis (espírito)
Psicografia de Divaldo Franco


PERSEVERANÇA

Sempre que aflições te visitem na forma de enfermidade ou tristeza, humilhação ou penúria, perseguição ou tentação, prejuízo ou desastre, não te rendas às sugestões de rebeldia ou desalento. Trabalha e espera, entre o prazer de servir e a felicidade de confiar, recordando que, se procuras pelo socorro de Deus, o socorro de Deus também te procura. E se a tranqüilidade parece tardar, porque privações e provações se multipliquem, persevera com o trabalho e com a esperança, lembrando-te de que a lei do bem opera sempre e de que o amparo de Deus está oculto ou vem vindo.

Emmanuel (espírito) / psicografia de Chico Xavier



ELES ESTÃO VIVOS

Ainda quando não reconheças, de pronto, semelhante verdade, eles te vêem e te escutam!
Quando possível, seguem-te os passos compartilhando-te problemas e aflições.

Compadece-te dos que te precederam na Grande Renovação!
Aqueles que viste partir de mãos desfalecentes nas tuas, doando os derradeiros pensamentos terrestres através dos olhos fitos nos teus, não estão mortos. Entraram em novas dimensões de existência, mas prosseguem de coração vinculado ao teu coração.
Assinalam-te o afeto e agradecem-te a lembrança, no entanto, quase sempre se escoram em tua fé, buscando em ti a fôrça precisa para restauração espiritual que demandam.

Muitos deles, ainda inadaptados a vida diferente que são compelidos a facear, pedem serenidade em tua coragem e apoio em teu amor...
Outros, muitos, jazem mergulhados na bruma da saudade, detidos na sede de reencontro, ante as requisições continuadas dos teus pensamentos de angústia.

Outros muitos, seguem-te ainda. Aqueles que se despediram de ti, depois de longa existência, abençoando-te a vida... Os que amaste, indicando-lhes o caminho para as esferas superiores ... Os que lenantas-te para a luz da esperança e aqueles outros que socorreste um dia com o ósculo da amizade e da beneficiência. Todos te agradecem, estendendo-te os braços no sentido de te auxiliar a transpor as estradas que ainda te cabem percorrer.
Auxilia aos entes queridos na espiritualidade a fim de que te possam auxiliar!

Se lhes recorda a presença e o carinho, preenche o vazio que te impuseram à Alma, abraçando o trabalho que terão deixado de fazer. Sê a voz que lhes reconforte os seres amados ainda na Terra, a força que lhes execute o serviço de paz e amor que não terminaram, a luz para aqueles que lhes lastimam a ausência em recantos de sombra ou o amparo em favor daqueles que desejariam continuar sustentando no mundo!

Compadece-te dos entes queridos que te antecederam na Grande Libertação!

Chora, porque a dor é forte e, é fonte de energias renovadoras por dentro do coração, mas chora trabalhando e servindo, auxiliando e amando sempre!
E deixa que os corações amados, hoje no mais Além, te enxuguem as lágrimas, inspirando-te ação e renovação, porque, no futuro, tê-lo-ás a todos positivamente contigo nas alegrias do Novo despertar.


Autor: Emmanuel (espírito)
Psicografia de Chico Xavier


SEMPRE COM DEUS

Lembra-te de Deus para que saibas agradecer os talentos da vida.
Se te encontras cansado, pensa Nele, o eterno Pai que jamais descansa. Como nos ensinou o próprio Jesus, o Pai trabalha constantemente.
Se te encontras triste, eleva a Deus os teus sentimentos, meditando na alegria solar com que, todas as manhãs, a infinita bondade do Pai dissolve as trevas, anunciando um dia novo de oportunidades.
Se estás doente pensa em como Deus, na sua compaixão e equilíbrio, reajusta os quadros da natureza. Pensa em como após a tempestade que arranca árvores centenárias e destrói montanhas, tudo se asserena.
Se te sentes incompreendido, ainda assim volta-te para Deus. Ele, o eterno doador de todas as bênçãos, quantas vezes é incompreendido pelas criaturas que criou e sustenta. Mesmo assim, a sua paciência inesgotável não desanima, aguardando que nos decidamos por abandonar nossas imperfeições.
Se te sentes humilhado, entrega a Deus as dores da tua sensibilidade ferida ou do orgulho menosprezado, refletindo no anonimato com que ele esconde a sua imensa grandeza, servindo-nos todos os dias.
Se te sentes sozinho, busca a companhia sublime de Deus na pessoa daqueles que seguem na retaguarda, cambaleantes de sofrimento. Os mais solitários que tu mesmo, que se encontram em provações mais difíceis que as tuas. Procura aqueles que a miséria encara todas as horas e necessitam da tua ajuda para matar a fome, a sede, acalmar a dor.
Sai de ti mesmo e procura-os. Eles se encontram nas favelas, nas praças, nos hospitais, nos asilos, nas prisões. Talvez, ao teu lado, nos familiares que te esperam um gesto de carinho, uma palavra amiga, um pouco de atenção.
Se estás aflito, confia a Deus as tuas ansiedades. Fala-lhe de tudo aquilo que te vai na intimidade e Nele, que é o amor, todas as tuas tormentas haverão de se acalmar.
Enfim, seja qual for a dificuldade, recorda o todo misericordioso que não nos esquece.
Na oração haverás de encontrar a força a fim de te ergueres e superares os problemas, pequenos ou grandes que te estejam a supliciar.
Na oração, que é rota de luz, não haverá de te faltar o ânimo para enfrentar mais este dia, com coragem, bom ânimo e alegria, porque, afinal de contas, dia como este nunca houve e nem haverá igual.
***
Na vida, auxilia quanto puderes. Faze o bem sem olhar a quem.
Imagina que és o lavrador e o teu próximo é o campo. Tu plantas e o outro produz. Tu és o celeiro, o outro é o cliente.
Se desejas seguir para Deus, pensa que entre Deus e tu mesmo, o próximo é a ponte.
O Criador atende às criaturas através das criaturas.
Por isso mesmo, é preciso viver e servir.
(Equipe de Redação do Momento Espírita, baseado nos caps. 13 e 19 do livro \"O Espírito da Verdade, ed. FEB)


ESPIRITISMO

O Espiritismo estabelece com base em fatos, provas, evidências que:


. DEUS é o Pai Criador, a Inteligência Suprema e Causa Primeira de todas as coisas.

. Jesus é um espírito puro, tendo atingido o grau máximo de perfeição a que um espírito pode chegar. É o Governador Espiritual da terra, é o Incomparável Mestre, o nosso único Guia e Modelo.

. O Espírito é imortal.

. Todos reencarnamos várias vezes, seja na Terra ou em outro mundo, pois, conforme Jesus disse “Há muitas moradas na casa de Meu Pai”.

. Todos temos o livre-arbítrio (liberdade de pensar e agir) e arcamos com as conseqüências dos nossos atos, sejam boas ou não. A isso dá-se o nome de Lei de Causa e Efeito, conforme Jesus estabeleceu “A cada um será dado segundo as suas obras”.


Princípios da Doutrina Espírita (pontos fundamentais):

DEUS: O Pai Criador, a Inteligência Suprema, a Causa Primeira de Todas as Coisas.
JESUS: O Guia e Modelo, O Amado Mestre, O Espírito Mais Perfeito que já passou pela Terra, o Governador Espiritual do Planto Terrestre.
KARDEC: A Base Fundamental.

. Deus é a inteligência suprema e causa primária de todas as coisas. É eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.
. O Universo é criação de Deus. Abrange todos os seres racionais e irracionais, animados e inanimados, materiais e imateriais.
. Além do mundo corporal, habitação dos Espíritos encarnados (Homens), existe o mundo espiritual, habitação dos Espíritos desencarnados.
. No Universo há outros mundos habitados, com seres de diferentes graus de evolução: iguais, mais evoluídos e menos evoluídos que os homens.
. Todas as leis da Natureza são leis divinas, pois que Deus é o seu autor. Abrangem tanto as leis físicas como as leis morais.
. O homem é um Espírito encarnado em um corpo material. O perispírito é o corpo semi-material que une o Espírito ao corpo material.
. Os Espíritos são os seres inteligentes da criação. Constituem o mundo dos Espíritos, que preexiste e sobrevive a tudo.
. Os Espíritos são criados simples e ignorantes, evoluem intelectual e moralmente, passando de uma ordem inferior para outra mais elevada, até a perfeição, onde gozam de inalterável felicidade.
. Os Espíritos preservam sua individualidade, antes, durante e depois de cada encarnação.
. Os Espíritos reencarnam tantas vezes quantas forem necessárias ao seu próprio aprimoramento.
. Os Espíritos evoluem sempre. Em suas múltiplas existências corpóreas podem estacionar, mas nunca regridem. A rapidez do seu progresso, intelectual e moral, depende dos esforços que faça para chegar à perfeição.
. Os Espíritos pertencem a diferentes ordens, conforme o grau de perfeição a que tenham alcançado: Espíritos Puros, que atingiram a perfeição máxima; Bons Espíritos, nos quais o desejo do bem é o que predomina; Espíritos imperfeitos, caracterizados pela ignorância, pelo desejo do mal e pelas paixões inferiores.
. As relações dos Espíritos com os homens são constantes, e sempre existiram. Os bons Espíritos nos atraem para o bem, nos sustentam nas provas da vida e nos ajudam a suportá-las com coragem e resignação. Os imperfeitos nos induzem ao erro.
. Jesus é o guia e modelo para toda a Humanidade. E a Doutrina que ensinou e exemplificou é a expressão mais pura da Lei de Deus.
. A moral do Cristo, contida no Evangelho, é o roteiro para a evolução segura de todos os homens, e a sua prática é a solução para todos os problemas humanos e o objetivo a ser atingido pela Humanidade.
. O homem tem o livre-arbítrio para agir, mas responde pelas conseqüências de suas ações.
. A vida futura reserva aos homens penas e gozos compatíveis com o procedimento de respeito ou não à Lei de Deus.
. A prece é um ato de adoração a Deus. Está na lei natural, e é o resultado de um sentimento inato do homem, assim como é inata a idéia da existência do Criador.
. A prece torna melhor o homem. Aquele que ora com fervor e confiança se faz mais forte contra as tentações do mal e Deus lhe envia bons Espíritos para assisti-lo. É este um socorro que jamais se lhe recusa, quando pedido com sinceridade.


Prática Espírita

. Toda a prática espírita é gratuita, dentro do princípio do Evangelho: \"Dai de graça o que de graça recebestes\". Assim, todos os trabalhadores espíritas (oradores, passistas, dirigentes, médiuns de toda ordem, etc) trabalham sem recebimento financeiro algum.
. A prática espírita é realizada sem nenhum culto exterior, dentro do princípio cristão de que Deus deve ser adorado em espírito e verdade.
. O Espiritismo não tem sacerdotes e não adota e nem usa em suas reuniões e em suas práticas: altares, imagens, andores, velas, procissões, sacramentos, concessões de indulgência, paramentos, bebidas alcoólicas ou alucinógenas, incenso, fumo, talismãs, amuletos, horóscopos, cartomancia, pirâmides, cristais, búzios ou quaisquer outros objetos, rituais ou formas de culto exterior.
. O Espiritismo não impõe os seus princípios. Convida os interessados em conhecê-lo a submeter os seus ensinos ao crivo da razão antes de aceitá-los.
. A mediunidade, que permite a comunicação dos Espíritos com os homens, é uma faculdade que muitas pessoas trazem consigo ao nascer, independentemente da religião ou da diretriz doutrinária de vida que adote.
. Prática mediúnica espírita só é aquela que é exercida com base nos princípios da Doutrina Espírita e dentro da moral cristã.
. O Espiritismo respeita todas as religiões e doutrinas, valoriza todos os esforços para a prática do bem e trabalha pela confraternização e pela paz entre todos os povos e entre todos os homens, independentemente de sua raça, cor, nacionalidade, crença, nível cultural ou social. Reconhece, ainda, que \"o verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza\".
O estudo das obras de Allan Kardec é fundamental para o correto conhecimento da Doutrina Espírita.


O Centro Espírita

É escola de formação espiritual e moral, baseada no Espiritismo, ou seja, nos ensinamentos de Jesus. É posto de atendimento fraternal a todos os que o procuram com o propósito de obter orientação, esclarecimento, ajuda ou consolação. É núcleo de estudo, de fraternidade, de oração e de trabalho, com base no Evangelho de Jesus, à luz da Doutrina Espírita.

É casa onde as crianças, os jovens, os adultos e os idosos tenham oportunidade de conviver, estudar e trabalhar, dentro dos princípios espíritas.
É oficina de trabalho que proporciona aos seus freqüentadores oportunidade de exercitar o aprimoramento íntimo, pela vivência do Evangelho em suas atividades. É recanto de paz construtiva, propiciando a união de seus freqüentadores na vivência da recomendação de Jesus: \"Amai-vos uns aos outros\".

Caracteriza-se pela simplicidade própria das primeiras Casas do Cristianismo nascente na prática da caridade, na total ausência de imagens, paramentos, símbolos, rituais, sacramentos ou outras quaisquer manifestações exteriores.
É a unidade fundamental do Movimento Espírita.


Seus Objetivos

Promover o Estudo, a Difusão e a Prática da Doutrina Espírita atendendo e ajudando às pessoas:
- que buscam orientação e amparo para seus problemas espirituais e materiais;
- que querem conhecer e estudar a Doutrina Espírita;
- que querem exercitar e praticar a Doutrina Espírita, em todas as suas áreas de ação.

Suas Atividades Básicas

1. Divulgação da Doutrina Espírita (por todas as formas e meios compatíveis com os princípios doutrinários): palestras, aulas, grupos de estudos, livros, etc.

2. Assistência espiritual (orientação e ajuda às pessoas com necessidades espirituais): atendimento fraterno, exposição de temas espíritas, estudo do evangelho à luz da Doutrina Espírita, passes e atividade mediúnica.

4. Assistência e promoção social (orientação e ajuda às pessoas com necessidades materiais): assistência através da distribuição de alimento, roupa e remédio, e promoção através de cursos de orientação, ensino e formação profissional.


O EVANGELHO NO LAR


ROTEIRO PARA A REALIZAÇÃO \"O EVANGELHO NO LAR\": deixe o seu lar em Paz

1º) Escolher um dia e uma hora da semana em que seja possível a presença de todos os elementos da família, ou da maior parte deles. Observar, rigorosamente, esse dia e essa hora da reunião, para facilitar a assistência espiritual. Nunca mudar o horário, pois os bons espíritos estarão no horário agendado. É possível fazer individualmente se for preciso.

2º) Iniciar a reunião com uma prece, simples e espontânea, em que, mais que as palavras, tenham valor os sentimentos, não devendo, portanto, ser decoradas.

3º) Fazer a leitura, metódica e seqüente, de \"O Evangelho Segundo o Espiritismo\".

4º) Fazer comentários breves sobre o trecho lido, buscando sempre a essência dos sentimentos de Jesus, para a sua aplicação na vida diária. A reunião poderá ser dirigida pelo chefe da casa, ou pela pessoa que tiver maiores conhecimentos doutrinários, a qual deverá incentivar a participação de todos os presentes, colocando as lições ao alcance dos de menor compreensão.

5º) Fazer vibrações pelo lar onde o Evangelho está sendo estudado, para os presentes, seus parentes e amigos.

6º) Relembrar sempre que é dever de todos os que procuram viver o Evangelho, concorrer, sem esmorecimento:

para a Paz da terra;
para a implantação e a vivencia do Evangelho em todos os lares;
para o entendimento fraternal entre todas as Religiões;
para a cura ou melhoria de todos os enfermos, do corpo ou da alma, minimizando seus sofrimentos e suas vicissitudes;
para o incentivo dos trabalhadores do bem e da Verdade;
7º) Fazer a prece de encerramento.

8) Colocar copos de água e solicitar aos espíritos, quando da prece inicial, que fluidifiquem as águas.

9) Podem ser usados livros psicografados por Chico Xavier e Divaldo Franco

\"Dilate a confiança em favor de você mesmo, esperando em Jesus. A idéia é poderosa força em criação ininterrupta. Cada pensamento infeliz é como um ser à parte, destruindo sua alegria. Cada idéia deprimente é semelhante a vírus sutil aniquilando sua saúde.
Liberte-se das influências inferiores, cultivando a serenidade e desenvolvendo a esperança.
Surpreenda o mal, sem lhe dar maior importância, e aniquile-o na grura onde se acolhe. Levante as próprias energias e lute.
Toda luz que você acender no mundo, nascida em seu íntimo, transformar-se-á em lâmpada luminosa no caminho de todos, porquanto nenhum vendaval poderá, jamais, apagar uma única luz alimentada pela energia a derramar-se do Pai, que nos inspira e guia através de sua Leis naturais e imutáveis\".

Marco Prisco (espírito) / psicografia de Divaldo Franco


“A obsessão sempre nos convida a acuradas reflexões em torno da conduta interior
do ser humano, que sempre procede do campo mental, a irradiar-se em todas as
direções, produzindo sintonias compatíveis com a sua equivalência em outros
campos e áreas vibratórias que propiciam as vinculações por afinidade.


Quando as criaturas compreenderem que são as responsáveis por tudo
quanto lhes diz respeito, certamente serão alterados os comportamentos
individuais e coletivos, elegendo-se aquilo que conduz à harmonia e à
felicidade, mesmo que a esforço, ao invés do prazer desgastante de um momento
com as suas consequências perturbadoras de longo prazo. Muitos, na ilusão
orgânica, preferem a intoxicação do gozo doentio, sem qualquer responsabilidade.
Não é de estranhar-se a grande mole que recorrer ao Espiritismo, à mediunidade,
procurando solução milagrosa para os problemas que engendraram e pretendem ser
resolvidos, mesmo sem a sua contribuição sacrificial”.

Manoel Philomeno
de Miranda (espírito), psicografia de Divaldo Franco. Livro: Transição
Planetária


“A reencarnação é sublime concessão divina para a
construção ditosa da imortalidade pessoal”.

Manoel Philomeno de Miranda
(espírito), psicografia de Divaldo Franco. Livro: Transição
Planetária


“A religião, quando liberta da ignorância, destituída de
fantasias e superstições, caracterizando-se pela lógica e pela razão, é via de
acesso sublime à liberdade plena, pelo que proporciona de lucidez e
esclarecimento, auxiliando o viajor a melhor contribuir em favor do próprio
êxito na jornada imortalista”.

Manoel Philomeno de Miranda (espírito),
psicografia de Divaldo Franco. Livro: Transição Planetária

“A mente é
portadora das energias que se movimentam através da aparelhagem carnal, e quando
são deletérias produzem efeitos compatíveis. Da mesma forma que uma emoção
forte, em estado de vigília danifica o organismo e provoca distúrbios muito
graves na maquinaria fisiológica, aquelas que têm lugar lugar durante o parcial
desprendimento pelo sono, pelo coma ou situações equivalentes, repercutem nas
células, danificando-as ou harmonizando-as se defluem das alegrias e bênçãos que
vivienciem. Tudo quanto ocorre no soma procede da psique, portanto, do Espírito,
que é o condutor do carro material”

Manoel Philomeno de Miranda
(espírito), psicografia de Divaldo Franco. Livro: Transição
Planetária

“Sempre, portanto, que se viva em harmonia, desincumbindo-se
dos deveres que lhe dizem respeito com seriedade e elevação, será lograda a
felicidade real, aquela que nada consome”.

Manoel Philomeno de Miranda
(espírito), psicografia de Divaldo Franco. Livro: Transição Planetária


De: Wilson
Para: Os Estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 13/10/14 17:27

Esclarecimentos de Raul Teixeira

1)Por que no Brasil se confunde Espiritismo com cultos africanistas, com terreiros e coisas assim?

Raul Teixeira responde: Isso se deve ao fato de termos um grande contingente de pessoas que desconhecem o que seja o Espiritismo e que não se interessam, nem desejam saber o que realmente ele é. MUITOS ESPALHAM INFORMAÇÕES SOBRE O ESPIRITISMO DE ACORDO COM O QUE SUPÕEM QUE SEJA, DEMONSTRANDO GRANDE DOSE DE LEVIANDADE OU DE MÁ INTENÇÃO. Ainda que o Espiritismo e, por sua vez, os espíritas, não tenham nada contra as práticas e crenças africanistas, é importante que cada coisa esteja no seu lugar, facilitando até a busca e o enquadramento das criaturas que estão procurando novas propostas de vida. Somente por meio das leituras sérias e dos estudos metódicos se conseguirá desfazer a confusão que gera tantos mal entendidos entre os espiritualistas.



Nós espíritas pensamos o seguinte: ESPÍRITOS QUE PEDEM CHARUTO, BEBIDAS ALCOÓLICAS, COMIDA, SANGUE DE UM IRMÃO INFERIOR (ANIMAL) OU MESMO HUMANO, QUE PARTICIPAM DE TRABALHOS DE VINGANÇA OU OUTRA MALDADE QUALQUER, PRECISAM DE ESCLARECIMENTO CRISTÃO. ELES AINDA ESTÃO APEGADOS À COISAS MATERIAIS E SENTIMENTOS INFERIORES. Seria incoerente falarmos de Jesus e nos propor fazer maldade seja lá a quem for. Como podemos pedir ajuda a quem precisa de ajuda? Se Espíritos resolvessem problemas, Chico Xavier, que foi muito mais merecedor que muitos de nós, não teria sofrido com doenças e problemas. Já que vivia em contato direto com eles. Então, sigamos o conselho do apóstolo Paulo:\"Não creiais em todos os espíritos, mas examinai se eles são de Deus.\" (João 4:1). Paulo sabia que todos os Espíritos são de Deus, mas o propósito de alguns não são divino. Por isso, precisamos ter cuidado para não nos confundirmos, não nos aliarmos, não incentivarmos, não nos comprometermos com a lei divina. O Espiritismo é uma doutrina sem sacerdotes, sem dogmas, sem rituais, não adota em suas reuniões e em suas práticas qualquer tipo de paramentos ou vestes especiais (as vestes brancas devem ser as que nos cobrem o espírito e o nosso perispírito); não utilizamos sal grosso, plantas, amuletos, etc. (porque o nosso coração é nosso escudo, quando nele mora o amor); não adotamos cálice com vinho ou bebidas alcoólica (os espíritas não devem alimentar o vício do álcool nem do fumo, porque precisamos estar lúcidos para apreciar a beleza da vida); não utilizamos incenso, mirra, velas (porque são coisas materiais e nós usamos a prece para nos sustentar o espírito); não temos altares, imagens, andores, procissões, pagamento pelos trabalhos espirituais, talismãs, sacrifício animal, santinhos, administração de indulgências, confecção de horóscopos, exercício da cartomancia, quiromancia, astrologia, numerologia, cromoterapia, pagamento de promessas, despachos, riscos de cruzes e pontos, não temos curas espirituais com cortes, orações milagrosas para resolver problemas sentimentais, financeiros, etc.


2)Vou realçar essa observação do Raul Teixeira.
Nós espíritas pensamos o seguinte: ESPÍRITOS QUE PEDEM CHARUTO, BEBIDAS ALCOÓLICAS, COMIDA, SANGUE DE UM IRMÃO INFERIOR (ANIMAL) OU MESMO HUMANO, QUE PARTICIPAM DE TRABALHOS DE VINGANÇA OU OUTRA MALDADE QUALQUER, PRECISAM DE ESCLARECIMENTO CRISTÃO. ELES AINDA ESTÃO APEGADOS À COISAS MATERIAIS E SENTIMENTOS INFERIORES.

Nessas observações do Raul Teixeira, vemos que somente espíritos materializados apegados as sensações matérias é que pedem essas coisas como, bebida, cigarros, charutos, despachos e sacrifícios de pobres animais.
Os espíritos de luz não necessitam de coisas matérias.
Isso é lógico e racional basta estudar o Espiritismo para ver essa Verdade.

Fonte Site Grupo Allan Kardec.

Wilson Moreno


De: everson
Para: www.oespiritismo.com.br
E-mail: eversonmirandapires098@gmail.c
Data: 11/10/14 22:03

gostaria de aprender sobre o espiritismo

De: jaine
Para: Todos e Família Inimigos
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 10/10/14 21:03

Que Deus perdoe toda a humanidade e principalmente pessoas más como o de hoje que me maltratou bem cedinho, que a luz ilumine seu coração porque ele às vezes achava que estava bem e se prejudicou mais ainda com os bons espíritos e desencarnados que o obrigou a fazer o que fez,eu o desculpo e deixo o perdão para Jesus Cristo,afinal eu mesma não sou perfeita,essa palavra é só para Deus o nosso Criador.me ajude a superar e agradecer por não ter acontecido coisa pior,cuide de toda minha família,amigos e mais os inimigos olhe por mim e mostre a harmonia no coração espíritos de luz sabedoria Que assim seja.

De: Victor Hugo
Para: Todos
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 09/10/14 18:20

REVERENCIANDO KARDEC

Antes de Kardec, embora não nos faltasse a

crença em Jesus, vivíamos na Terra atribulados

por flagelos da mente, quais os que expomos:



o combate recíproco e incessante entre os

discípulos do Evangelho;



o cárcere das interpretações literais;



o espírito de seita;



a intransigência delituosa;



a obsessão sem remédio;



o anátema nas áreas da Filosofia e da Ciência;



o cativeiro aos rituais;



a dependência quase absoluta dos templos de

pedra para as tarefas da edificação íntima;



a preocupação de hegemonia religiosa;



a tirania do medo, ante as sombrias perspectivas

do além-túmulo;



o pavor da morte, por suposto fim da vida.







Depois de Kardec, porém, com a fé raciocinada

nos ensinamentos de Jesus, o mundo encontra

no Espiritismo Evangélico benefícios

incalculáveis, como sejam:



a libertação das consciências;



a luz para o caminho espiritual;



a dignificação do serviço ao próximo;



o discernimento;



o livre acesso ao estudo da lei de causa e efeito,

com a reencarnação explicando as origens do

sofrimento e as desigualdades sociais;



o esclarecimento da mediunidade e a cura dos

processos obsessivos;



a certeza da vida após a morte;



o intercâmbio com os entes queridos

domiciliados no Além;



a seara da esperança;



o clima da verdadeira compreensão humana;



o lar da fraternidade entre todas as criaturas;



a escola do Conhecimento Superior,

desvendando as trilhas da evolução e a

multiplicidade das “moradas” nos domínios do

Universo.



Jesus — o amor.



Kardec — o raciocínio.







Jesus — o Mestre.



Kardec — o Apóstolo.



Seguir o Cristo de Deus, com a luz que Allan

Kardec acende em nossos corações, é a norma

renovadora que nos fará alcançar a sublimação

do próprio Espírito, em louvor da Vida Maior.

Emmanuel (espírito)

Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Doutrina de Luz

De: Edivan
Para: Todos
E-mail: edivanluciano@yahoo.com
Data: 05/10/14 07:20

Numa bela manhã de domingo( 05/10/14) li uma mensagem de Dr. Bezerra de Menezes que dizia assim:Não iluminaremos a mente sem purificar os olhos, tanto quanto ninguém alcança o discipulado do Senhor sem mobilizar as mãos na obra redentora da Terra. Então lembrei de quantos, como eu mesmo acessam Sites de baixo calão e que nada contribuem com o nosso crescimento espiritual, pelo contrário, criam vícios difíceis de serem removidos e deixam nossa casa mental em petição de miséria. Oremos por todos nós, pedindo a Jesus que não nos deixe cair em novas tentações e que nos dê forças para superá-las.

De: wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 04/10/14 23:57

Os mistificadores desencarnados.

Todos os ensinamentos e mensagens que venha dos espíritos desencarnados, tem que ser analisados com muito cuidado e critério, por que, existe no mundo espiritual ou plano astral, muitos espíritos mentirosos, hipócritas, embusteiros, sedutores e mistificadores, que usam nomes falsos, pomposos e importantes para enganar as pessoas, eles também usam uma LINGUAGEM melosa, suave e doce para seduzir e mistificar, eles falam macio, são lobos em pele de ovelhas, temos que ter muito cuidado. O Mestre Jesus disse, cuidado com os falsos profetas, esses falsos profetas também existem no plano astral, são os mistificadores desencarnados, tudo fazem para iludir, enganar as pessoas.


Vejamos essas perguntas.

a) Os espíritos de luz vão pedir velas, despachos, cigarros, charutos, bebidas alcoólicas, cachaça, sangue de animais ou sacrifícios de pobres animais?????

b) Espiritos desencarnados que pedem coisas matérias merecem a nossa confiança????

c) Você confia nessas entidades que bebem e fumam????

d) Você tomaria passes de um médium que bebe e fuma????

e) Cigarros, charutos, velas, bebidas alcoólicas, despachos e matança de animais vai atrair que tipo de espíritos desencarnados????

f) Devemos questionar esses assuntos ou devemos engolir tudo passivamente sem exame????

g) Devemos usar a fé raciocinada ou a fé cega????

h) Quem cala consente???? Isso ta certo????


i) Não podemos aceitar nada que venha dos espíritos desencarnados sem rigoroso exame, tudo que venha do plano espiritual através de mensagens e comunicações, tem que passar pelo Crivo severo da Razão e da lógica, qualquer ofensa a razão, a lógica e a moral elevada, deve ser rejeitado.
Os maus espíritos não suportam o exame racional das suas mensagens.
Numa reunião mediúnica devemos sempre analisar com muito cuidado a Linguagem e os ensinamentos dado pelos espíritos desencarnados, qualquer expressão grosseira, vulgar, agressiva, ou ensinamentos sem elevação racional e moral, denuncia a presença de espíritos inferiores e atrasados.
Um espírito desencarnado se manifesta numa reunião mediúnica usando uma Linguagem pesada, vulgar, chula, trivial, sem lógica, sem uma moral sã, e eles pedem coisas matérias, como, cachaça, cigarros, charutos, despachos e sacrifícios de pobres animais, vamos concluir, que são espíritos ainda presos as paixões e vícios terrenos, sua forma de pensar e sentir ainda esta materializada.


Por que, deveríamos aceitar as coisas sem exame???
Por que, devemos aceitar a idéia que espíritos desencarnados que pedem bebidas alcoólicas, cigarros, charutos, cachaça, despachos, sacrifícios de pobres animais, são espíritos bons???
Existe base racional para isso???
Por que, devemos aceitar isso de forma passiva e cega????
Não podemos questionar nada, devemos engolir tudo passivamente????

Allan Kardec orienta, passar tudo que venha dos espíritos desencarnados pelo crivo severo da razão e da lógica, para poder ser aceito, qualquer ofensa a razão e a lógica, denuncia a presença de espíritos inferiores e atrasados.
Todos os ensinamentos e mensagens que venha dos espíritos desencarnados, tem que ser analisados com muito cuidado e critério, por que, existe no mundo espiritual ou plano astral, muitos espíritos mentirosos, hipócritas, embusteiros, sedutores e mistificadores, que usam nomes falsos, pomposos e importantes para enganar as pessoas, eles também usam uma LINGUAGEM melosa, suave e doce para seduzir e mistificar, eles falam macio, são lobos em pele de ovelhas, temos que ter muito cuidado. O Mestre Jesus disse, cuidado com os falsos profetas, esses falsos profetas também existem no plano astral, são os mistificadores desencarnados, tudo fazem para iludir, enganar as pessoas.


Como evitar isso?
Não devemos aceitar nada cegamente e passivamente, todos os ensinamentos e mensagens que venha dos espíritos desencarnados têm que passar pelo crivo severo da Razão e da Lógica, para poder ser aceiro, qualquer ofensa a Razão, a lógica e a Moral, denuncia um espírito embusteiro e mal intencionado. Portanto, a regra é essa, passar tudo pelo crivo rigoroso da razão e da lógica, a nossa fé tem que ser raciocinada e não cega. Os maus espíritos não suportam o exame rigoroso e racional das suas mensagens e comunicações, é por isso, que eles evitam a critica, e tentam colocar na mente das pessoas que criticar é algo ruim, eles querem levar as pessoas para um estado de aceitação passiva, ninguém critica, ninguém analisa, ninguém raciocina, ninguém questiona, ninguém pensa, somos robôs em suas mãos.
Os espíritos mistificadores e obsessores, usam nomes falsos e pomposos e também usam uma LINGUAGEM melosa, suave, doce, para seduzir e enganar as pessoas, tudo isso ocorre, por que, as pessoas não usam o crivo severo da Razão e da lógica, para analisar as comunicações mediúnicas.
Esses espíritos desencarnados que se apresentam nesses centros de macumbas, pedindo, charutos, cachaça, sacrifícios de animais e despachos, são espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos, muitos deles são maldosos, vingativos, embusteiros, sedutores e obsessores, são os espíritos imundos relatados nos Evangelhos, que as religiões chamam de demônios. Devemos evitar esses ambientes de baixa espiritualidade, são lugares perigosos.
Devemos confiar cegamente nessas entidades que bebem e fumam????
Por que, devemos confiar?????

Os animais merecem ser sacrificados para essas entidades???
Devemos amar e respeitar os animais ou devemos aceitar esses sacrifícios com algo positivo e nobre?????
Os animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, devemos ter uma postura de atenção, respeito e amor com os animais.
Vocês acham que os espíritos de luz e os bons espíritos vão pedir sacrifícios de animais?????
Qual a sua resposta meu amigo, não seja omisso, quem cala consente.

Vejamos outra questão importante.
Os espíritos embusteiros, mentirosos, enganadores e mistificadores do plano astral, querem exatamente evitar todo tipo de analise, raciocínio e questionamentos, dessa forma fica mais fácil de enganar as pessoas, ninguém questiona nada, nem raciocina, as pessoas aceitam tudo sem exame, dessa forma o campo fica livre para os espíritos embusteiros e enganadores do plano espiritual.
Eles querem isso, evitar o exame, e colocam na mente das pessoas que criticar e julgar é faltar com a caridade, não devemos criticar, nem condenar, nem julgar, nem analisar e nem questionar, isso é ser omisso e deixar o campo inteiramente livre, para os espíritos enganadores e embusteiros agirem.


Perguntamos.
Devemos aceitar tudo que venha dos espíritos desencarnados sem exame????
Qual a sua resposta????
Devemos engolir tudo que eles falam e pregam????
Devemos obedecer os espíritos e fazer tudo aquilo que eles querem????
Devemos ser cegos e passivos????
Se um espírito desencarnado manda através de uma comunicação, as pessoas usarem velas, amuletos, talismã, roupas brancas e fazer despachos e sacrifícios de animais para afastar os maus espíritos, você vai acreditar nisso???
Para afastar os maus espíritos, temos que nos melhorar moralmente, cultivar pensamentos elevados e positivos e ter atitudes corretas, honestas e caridosas, temos que nos depurar moralmente, combater as nossas imperfeições morais, vícios e maus pensamentos.


A questão 554 de “O Livro dos Espíritos” corrobora essa posição. Confiramos:
P.: “Que efeito pode produzir fórmulas e práticas mediante as quais pessoas há que pretendam dispor do concurso dos Espíritos?”
R.: “(…) TODAS AS FÓRMULAS SÃO MERA CHARLATANARIA. NÃO HÁ PALAVRA SACRAMENTAL NENHUMA, NENHUM SINAL CABALÍSTICO, NEM TALISMÃ, QUE TENHA QUALQUER AÇÃO SOBRE OS ESPÍRITOS, PORQUANTO ESTES SÃO SÓ ATRAÍDOS PELO PENSAMENTO E NÃO PELAS COISAS MATERIAIS”.
E continua mais adiante: “Ora, muito raramente aquele que seja bastante simplório para acreditar na virtude de um talismã deixará de colimar um fim mais material do que moral. Qualquer, porém, que seja o caso, essa crença denuncia uma inferioridade e uma fraqueza de ideias que FAVORECEM A AÇÃO DOS ESPÍRITOS IMPERFEITOS E ESCARNINHOS”.


Em “O Livro dos Médiuns”, é perguntado aos Espíritos Superiores:
“Certos objetos, como medalhas e talismãs, têm a propriedade de atrair ou repelir os Espíritos conforme pretendem alguns”?
R.: “ESTA PERGUNTA ERA ESCUSADA, PORQUANTO BEM SABES QUE A MATÉRIA NENHUMA AÇÃO EXERCE SOBRE OS ESPÍRITOS. FICA BEM CERTO DE QUE NUNCA UM BOM ESPÍRITO ACONSELHARÁ SEMELHANTES ABSURDIDADES. A VIRTUDE DOS TALISMÃS, DE QUALQUER NATUREZA QUE SEJAM, JAMAIS EXISTIU, SENÃO, NA IMAGINAÇÃO DAS PESSOAS CRÉDULAS”.
O Codificador Allan Kardec comentou, concluindo e reiterando a total desvinculação do Espiritismo com o pensamento mágico propalado pelas religiões e crenças fetichistas:
“OS ESPÍRITOS SÃO ATRAÍDOS OU REPELIDOS PELO PENSAMENTO E NÃO POR OBJETOS MATERIAIS (…). Em todos os tempos os Espíritos superiores condenaram o emprego de signos e de formas cabalísticas; e todo Espírito que lhes atribui uma virtude qualquer ou que pretende dar talismãs que denotam magia, por aí revela a própria inferioridade, quer quando age de boa-fé e por ignorância, (…) quer quando conscientemente (…). OS SINAIS CABALÍSTICOS, QUANDO NÃO SÃO MERA FANTASIA, SÃO SÍMBOLOS QUE LEMBRAM CRENÇAS SUPERSTICIOSAS na virtude de certas coisas, como os números, os planetas e sua correspondência com os metais, crenças nascidas no tempo da ignorância e que repousam sobre erros manifestos, aos quais a ciência fez justiça, mostrando o que há sobre os pretensos sete planetas, os sete metais, etc. A forma mística e ininteligível de tais emblemas tem o objetivo de os impor ao vulgo (…), aquilo que não compreende.”

O Mestre Kardec deixa bem claro, é o pensamento que exerce ação para atrair ou repelir os espíritos desencarnados, nenhum objeto material tem valor ou ação sobre os espíritos.
Muitas pessoas tem uma idéia errada do Espiritismo no Brasil, devido as influencias místicas e o sincretismo, falam em Espiritismo de umbanda, espiritismo de mesa, espiritismo de terreiro, espiritismo oriental ou ramatisiano, e interpretam a Doutrina Espirita como uma variante da magia.
O problema esta nas pessoas que pregam o Espiritismo de forma errada, pessoas que se dizem espíritas e falam em banho de ervas, banho de sal grosso, usar velas, usar roupas brancas, fazer despachos, usar imagens de santos, nada disso representa o Espiritismo.
Essas pessoas são os falsos espíritas, na realidade eles são umbandistas e vão distorcendo os princípios doutrinários da Doutrina Espírita.
Wilson Moreno na busca da Verdade.

 
 
Busca
  
  
  
 
Temas Importantes
- Reencarnação
- Obsessão
- Mediunidade
 
Divulgação
- Indique o Site
- Adicione aos Favoritos
 
Mensagem do dia
“À semelhança de Jesus, utiliza a verdade, a severidade, a honradez docilmente, com amor, porquanto só o amor em qualquer circunstância consegue o milagre da renovação, da esperança e da legítima saúde espiritual”. Joanna de Ângelis
 
Boletim Eletrônico
Cadastre seu e-mail e receba mensagens de Luz, textos e outras informações.
E-mail

Assinar Remover
Copyright© 2004/2014 - O Espiritismo - Araraquara/SP - Todos os direitos reservados

Webmaster