Mensagens de Luz  
 
 
  Textos Espíritas  
 
 
  Mural de Recados  
 
 
  Guia de Centros Espíritas  
 
 
  Ouça Mensagens  
 
 
Página Inicial - O Espiritismo
 Home
 A Doutrina
  O que é?
  Conheça Allan Kardec
  Biografias
  Galeria de Imagens
  Quem Somos
  Fale Conosco
  Links Indicados
  Sugestão de Livros
  Obras Básicas
 O Espiritismo e Você
  Mensagens de Luz
  Textos Espíritas
  Mural de Recados
  Guia de Endereços
  de Centros Espíritas
  Ouça Mensagens
 
 
>> MURAL DE RECADOS
 
Mural
De: jaine
Para: Eu Mesma e Família
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 14/07/14 21:54

Agradeço ao nosso Criador pela vida,pela bondade,pela paciência que às vezes foge ao nosso controle e peço muita compaixão,sabedoria,misericórdia em todos os sentidos de minha vida,espero que essa minha semana que se inicia seja boa e aceitável com vibrações positivas para mim e toda minha família e também toda a humanidade,luz,força e tolerância para que eu fique bem e seja feliz e que os bons espíritos nos oriente emanando muito amor e caridade em nossos corações para que fiquemos unidos e tenhamos muita dignidade para com todas as pessoas proteja minha mamãe e amigos e inimigos assim seja

De: Wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 14/07/14 10:10

Explicando os vícios e suas conseqüências espirituais.


1)Os espíritos desencarnados que foram fumantes, buscam desesperados uma criatura encarnada, mesmo sendo um adolescente e o incentivam a ingressar no vício do fumo, porque terá a sua disposição um escravo a lhe servir até o fim de sua vida física, é como o patrão e o empregado um a servir o outro, o espírito ajusta o seu perispírito no perispírito do encarnado que, além de se igualarem em uma conduta moral, e se torna escravo do vício, do senhor fumo.

O espírito cola seu perispírito, como se fosse um molde invisível, procurando por todos os meios sugar as emanações desprendidas do cigarro, mais isso não o deixa satisfeito, por ser reduzida à quota que podem absolver no eterismo do tabaco, então lança mão de recurso de induzir sua vítima para que aumente a quantidade diária de cigarros, é a causa de muitos fumantes se dizerem dominados por uma estranha força oculta, que os impede de se livrarem do vício e ainda o fazem fumar mais.
Há um equívoco em pensar que as sensações da matéria, tais como a fome, a sede, o desejo de ingerir bebidas alcoólicas ou de fumar, desaparecem com o corpo físico, na terra ao desencarnar, o desejo continua latente no corpo astral ou perispírito e não acaba no cemitério, por cujo motivo os infelizes que partem do mundo físico, ainda escravizados às paixões perniciosas e aos vícios perigosos, embora deixem de pensar nos mesmos, são perseguidos pelo desejo vicioso e violento partiram para o mundo espiritual sobrecarregados de resíduos tóxicos.
Na verdade, os vícios terrenos não devem ser encarados como pecados a DEUS, mas apenas como grandes obstáculos terríveis que, em ao desencarnar se transforma em uma barreira indesejável, mantendo o espírito desencarnado sob o comando das sensações inferiores.
Busque você leitor meditar sobre essas informações do plano espiritual e buscar novos conhecimentos que você ira descobrir sua verdadeira razão de existir e evoluir.


Os desencarnados que ardem em desejos pelo álcool não perdem o seu tempo, operando sobre o encarnado que é abstêmio alcoólico, por saberem que perderão os seus esforços e não conseguirão levá-lo ao alcoolismo. Preferem, pois, encontrar criaturas afeitas ao álcool ou já debilitadas por outras paixões perigosas, a fim de levá-las ao desregramento por caminhos indiretos. Da mesma forma procedem os espíritos que eram fumantes inveterados e que se alucinam no Espaço pela falta do cigarro.
São poucos os encarnados que sabem do ter¬rível perigo que se esconde por detrás do vício do álcool, pois a embriaguez é sempre uma das situações mais visadas pelos espíri¬tos viciados que procuram a desejada “ponte viva” para satisfação de seus desejos no mundo da matéria. Os espíritos desencarnados e ainda escravos das paixões e vícios da carne — em virtude da falta do corpo físico — são tomados de terrível angústia ante o desejo de ingerir o álcool com o qual se viciaram desbragadamen¬te no mundo físico. Devido à fácil excitabilidade natural do corpo astral, esse desejo se centuplica, na feição de uma ansiedade insu¬portável e desesperadora, como acontece com os morfinômanos, que só se acalmam com a morfina! E um desejo furioso, esmaga¬dor e sádico; a vítíma alucina-se vivendo as visões mais pavorosas e aniquilantes! E quando isso acontece com espíritos sem escrú-pulos, eles são capazes de todas as infâmias e torpezas contra os encarnados, para mitigarem a sede de álcool, assemelhando-se aos mais desesperados escravos do vício dos entorpecentes.

2)Os neófitos sem corpo físico, que aportam ao Além ardendo sob o desejo alcoólico, logo aprendem com os veteranos desencar¬nados qual seja a melhor maneira de mitigarem em parte a sede alcoólica. Como já temos dito por diversas vezes, depois de desen¬carnadas as almas se buscam e se afinizam atraídas pelos mesmos vícios, idéias, sentimentos, hábitos e intenções. Em conseqüência dessa lei, os encarnados que se viciam com bebidas alcoólicas passam também a ser acompanhados de espíritos de alcoólatras já desencarnados, ainda escravos do mesmo vício aviltante, que tudo fazem para transformar suas vítimas em “canecos vivos”, para saciarem seus desejos.

Em geral, os infelizes alcoólatras ao deixarem seus corpos cozi¬dos pelo álcool nas valetas, nos catres de hospitais ou mesmo em leitos ricos, aqui despertam enlouquecidos pelo desejo desesperado de satisfazer o vício. Quando se defrontam com a realidade da sobrevivência no Além-Túmulo e compreendem que a vida espiritual superior exige a libertação do vício degradante, desesperam-se e negam-se a abdicar do seu desejo pervertido. Apenas um reduzido número deles se entrega submisso à terapia do sofrimento purifica¬dor e consegue resistir ao desejo mórbido, para lograr a maior elimi¬nação possível do eterismo tóxico remanescente, do álcool, e então recebe o auxílio dos benfeitores e é ajudado a vencer a fase mais cruciante após a sua desencarnação. Certas almas corajosas e decidi¬das, depois de se desligarem completamente dos desejos do álcool, entregam-se ardorosamente ao serviço de socorro aos alcoólatras, junto à Crosta, não só influenciando-os para que deixem o vício, como cooperando nos ambientes espirituais e junto às instituições religiosas, conduzindo para ali doentes e sofredores alcoólatras, a fim de inspirar-lhes a mais breve libertação do domínio do terrível adversário.

Eis o motivo por que alguns médiuns videntes verificam, surpresos, que, enquanto alguns espíritos de ex-embriagados coo¬peram nos seus trabalhos mediúnicos, outros ainda rebeldes e inconformados preferem aviltar-se ainda mais na execrável tarefa de preparar “canecos vivos” que, na superfície da Terra, operem escravizados para satisfazer aos seus desejos.

3)A desencarnação não destrói os desejos, pois estes são psíquicos e não físicos. Após a morte corporal, quando a alma se vê impedida da satisfação alcoólica, é justamente quando o seu desejo ainda mais recrudesce e a idéia da impossibilidade de saciar o vício produz-lhe atroz desespero.

Há muito tempo a tradição ocultista vos ensina que o corpo astral, como um dos veículos que compõem o perispírito, é realmente o “corpo dos desejos”, no qual sedia-se o desejo do espírito e conservam-se todos os resíduos produzidos pela sua emotividade e paixões vividas nos milênios findos. Através desse sutilíssimo corpo astral, constituído de toda a essência psíquica emotiva desde a sua origem planetária, é que realmente se mani¬festa o desejo do espírito. Nessa contextura delicadíssima atuam, gritam e dominam todos os ecos e estímulos das paixões, desejos e vícios que hajam vibrado na alma através de suas anteriores encarnações físicas. E por isso que a simples perspectiva de não poderem saciar a angustiosa sede de álcool, trazida da Terra, deixa esses infelizes alcoólatras cegos e enlouquecidos sob os mais cru¬ciantes acometimentos. Rompem-se-lhes as algemas de qualquer convenção ou deveres afetuosos, levando-os a praticar as mais vis torpezas para conseguir o álcool.

Aqueles que já presenciaram os ataques etílicos dos alcoólatras e se compungiram pelos seus alucinantes delírios, sem dúvida não observaram vinte por cento do que acontece a esses infelizes desesperados pelo vício, quando lançados brutalmente no mundo astral! Além disso, as entidades das sombras procuram auxiliar os viciados recém-chegados ao espaço, ensinando-os a ter paciência e a buscar o seu “médium eletivo”, na crosta terráquea, a fim de torná-lo um dócil “caneco vivo” que, na forma de um canal, lhes mitigará no mundo material a sede ardente do álcool.


4) Designo como “caneco vivo” a criatura que se deixa dominar completamente pelo vicio do álcool, tornando-se enfraquecido no seu senso de comando psicológico e espiritual. Quando tal acontece, os viciados do Além, que se afinizam à sua constituição psíquica, vigiam-na e atuam incessantemente sobre ela a fim de conseguirem situá-la sob a freqüência vibratória com que operam em comum, para subverterem-lhe completamente a vontade e o caráter. De acordo com a lei de afinidade espiritual, é preciso que o candidato à função de “caneco vivo” vibre na mesma faixa vibratória do malfeitor desencarnado, pois só deste modo é que este consegue agir com êxito e interceptar qualquer inspiração superior que possa ser enviada à sua vítima no sentido de se livrar do vício. Assim que o obsessor consegue domínio completo sobre o bêbedo encarnado, trata de cercá-lo de cuidados e protegê-lo contra outras entidades desencarnadas que também o possam usar como “caneco vivo”.

O álcool ingerido pelo alcoólatra terreno, depois que lhe atin¬ge o estômago, volatiliza-se em operação progressiva, até alcançar a sua forma etéreo-astral, momento em que os espíritos viciados podem então sugá-lo pela aura do infeliz beberrão. Trata-se de uma espécie de repulsiva operação de vampirismo que, para satisfazer em parte aos desencarnados, exaure a vitalidade da vítima. Certas vezes aglomeram-se várias entidades viciadas sobre a aura de um mesmo bêbedo, constituindo uma grotesca e degradante cena de sucção de álcool! Elas se mostram irascíveis e irritadas quando os seus pacientes não as atendem a contento deixando de beber a quantidade desejada para a sua satisfação mórbida completa. Trabalham furiosamente para que o infeliz aumente a sua dose de álcool, pois ele representa o transformador que deve saturar-se cada vez mais a fim de cumprir a repulsiva tarefa de dar de beber aos viciados do Além.

Daí o motivo por que muitos alcoólatras insistem em afirmar
que uma força oculta os obriga a beber cada vez mais, até que chegam a cair ao solo inconscientes. Saturados então de álcool, quais míseros farrapos humanos a exsudarem os vapores repelentes da embriaguez total, eles atravessam o resto de suas existências transformados em vítimas dos seus obsessores, que astuciosamente se ocultam nas sombras do Além-Túmulo.

De: binho
Para: angela souza cruz
E-mail: binhovsilva@hotmail.com
Data: 11/07/14 08:55

Angela, estaremos orando por voce. Tenha confiança em Deus. Nosso pai é todo bondade e todo misericórdia. Confie suas tribulações a Ele. Mas como remédio pra vc mesma, recomendo que vc reze, por vc, pela sua filha e pela sua familia. Não precisa de muito, basta elevar o pensamento a Deus e pedir com sinceridade e humildade para que vc saia dessa corrente negativa. Lembre-se, não existe mágica, isso é um exercício diário. Um bom livro tb ajuda. Recomendo o \"livro da esperança\". Baixa de graça pela net. Alimente seus pensamentos com coisas boas e sadias. Fique em paz.

De: jaine
Para: Todos e Família
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 10/07/14 21:23

Agradeço a Jesus nosso Criador e aos bons espíritos pela luz,força e muita sabedoria que está me proporcionando aos meus familiares,amigos e em todo meu coração,proteja minha irmã que está resolvendo se fica ou não com o marido e mais pelas filhas porque estou preocupada com suas cabecinhas de adolescentes espero que elas vençam estas dificuldades com ajuda dos amigos encarnados e desencarnados que meu irmão esteja lhe olhando e desejando e fortalecendo seus corações emanando muita paz e harmonia a todos nós graças por me ouvir e compaixão sempre assim seja luz plena sempre amor,vida e bondade

De: Wilson
Para: Marcos e todos.
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 10/07/14 15:56

A Criação.

A Criação é PERMANENTE, Deus o Criador incriado não para de agir e criar, tudo é movimento na Obra Universal, Deus não para de atuar em sua Obra, Ele esta sempre CRIANDO.
Os espíritos novos vem da evolução do reino animal, existe nos animais almas embrionárias em evolução para o reino hominal, podemos dizer para explicar melhor o fato, que existe um FETO ESPIRITUAL no corpo dos animais que esta se desenvolvendo e evoluindo para mais tarde se reencarnar em corpos hominais.
É por isso que devemos respeitar e tratar bem dos animais, eles são nossos irmãos menores no campo da evolução.

Vou resumir algumas questões básicas.

1) Os animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, eles estão evoluindo para o reino Hominal, assim como o ser humano esta evoluindo para o reino angélico, tudo é Evolução no Universo, nenhum ser fica parado no processo evolutivo.
O corpo físico do Homem é um produto evolutivo dos primatas ou macacos, o Mestre Kardec no seu Livro A Gênese, explica que existe uma filiação corporal e espiritual entre o Homem e os animais.
O nosso corpo físico é uma evolução dos primatas.
E o nosso Espírito antes de chegar ao reino hominal passou pelo reino animal como principio inteligente, nos animais não existe um Espírito formado como o nosso, existe um principio inteligente ou principio espiritual em processo de evolução para o reino humano.
Quando esse principio inteligente adquire raciocínio, senso moral e livre arbítrio torna-se um Espírito formado, simples e ignorante sem conhecimentos e sem virtudes.
E ele passa a se reencarnar em corpos hominais, buscando a sua Evolução moral e intelectual, é pelas reencarnações sucessivas que os Espíritos vão se depurando moralmente e intelectualmente até se tornarem Espíritos iluminados ou Espíritos Superiores, que as religiões chamam de anjos ou arcanjos.
Como disse o Mestre Kardec, do átomo até o arcanjo existe uma cadeia evolutiva, no qual o arcanjo (espíritos superiores) começaram pelo átomo.
Existe nos átomos um partícula espiritual em processo de evolução para o reino mineral, depois para o reino vegetal, depois para o reino animal, quando essa partícula ou principio inteligente adquire raciocínio, senso moral e livre arbítrio, torna-se um Espírito simples e ignorante passando para o reino Humano ou hominal.
E quando esse Espírito se ilumina, se purifica no campo Moral e no campo Intelectual torna-se um Anjo ( Espírito Superior).

2) Portanto, todo Espírito Superior já foi um espírito simples e ignorante de evolução primaria, todo Espírito Superior já passou pelo reinos,mineral, vegetal, animal e hominal.
Buda, Jesus, Platão, Sócrates, Krisna, Hermes e outros Espíritos Superiores já foram espíritos inferiores, simples e ignorantes de evolução primaria.
Deus é justo e imparcial e suas Leis são IGUAIS para todos os espíritos, não existem espíritos privilegiados na Obra Divina.
Todos os Espíritos evoluem através de reencarnações sucessivas até se purificarem das suas imperfeições morais, nenhum espírito é criado perfeito e puro, todos são criados IGUAIS simples e ignorantes, um exemplo, o Mestre Jesus hoje ele é um Espírito altamente Puro e Superior, super evoluído, mais ele já foi um Espírito inferior, simples e ignorante e quando Ele era um espírito simples e ignorante, ele cometeu seus erros e faltas no processo natural e normal da evolução espiritual.
Jesus, Buda, Sócrates e outros Espíritos Superiores já foram pecadores morais.

3) O Mestre Leon Denis explana o seguinte.
“ a alma dorme no mineral, sonha no vegetal, agita-se no animal e desperta no Homem”
Temos de forma poética e filosófica a evolução do principio inteligente pelos reinos da Natureza.
Podemos, afirmar o seguinte, do átomo ao reino animal temos a evolução do principio inteligente ou principio espiritual.
Do reino hominal ate o reino angélico temos a evolução do Espírito.
Tudo é harmonia, sabedoria e evolução na Obra Divina.

4) A Evolução espiritual se processa pelo aprimoramento Moral e Intelectual.
Evoluir é se melhorar moralmente, praticar o bem, ser honesto, ser correto, ser cordial, ser educado, ser trabalhador, ser caridoso, ser solidário, ajudar os necessitados, amar e respeitar os animais, cultivar pensamentos elevados e puros, cultivar sentimentos nobres, combater os maus desejos, combater os vícios, combater os maus hábitos, combater os maus pensamentos, isso é EVOLUIR.
Evoluir é Vencer a si mesmo.
Evoluir é Vencer as suas próprias imperfeições morais.
Evoluir é ser auto iluminar.

5) A reencarnação é uma Lei da Natureza, uma Lei natural e imutável do Grande Foco ou Deus.
Essa Lei das reencarnações é a Lei do progresso moral e intelectual dos Espíritos, nenhum espírito é criado perfeito ou puro, todos são criados IGUAIS, todos tem a mesma Origem que é o Criador incriado ou Grande Foco, não existe espíritos privilegiados ou especiais na Obra Divina, todos sem exceção evoluem através de varias reencarnações, no qual eles vão se aprimorando no campo moral e no campo intelectual ate se tornarem Espíritos Superiores e Puros.
Partimos da impureza para a pureza.
Cada encarnação é uma oportunidade de crescimento e conquistas, temos que saber valorizar a nossa vida terrena como uma grande Escola de aperfeiçoamento, estamos no mundo terra é para brilhar a nossa Luz ( conquistar Virtudes) a Evolução é um processo de depuração.
Ser bom, correto, honesto, educado, cordial, trabalhador, caridoso, solidário, combater os maus pensamentos, combater os vícios, combater os maus desejos, ajudar os necessitados, respeitar e amar os animais, isso tudo significa VIRTUDES que temos que adquirir em nossa jornada evolutiva.
Evoluímos quando adquirimos as Virtudes divinas.
Nós somos filhos da Grande Luz, nós somos partículas de Luz emanadas do Grande Foco e o nosso Dever de espíritos encarnados é trabalhar para nosso desenvolvimento moral e intelectual, vale apena ser bom, praticar o Bem, o amor e as virtudes, por que, sem as Virtudes ficaremos travados em nossa Evolução.
Todos os espíritos são criados iguais, simples e ignorantes e todos evoluem mediante múltiplas reencarnações, sem favores e sem privilégios, cada espírito evolui pelo seu próprio esforça pessoal e sua luta.
Os Espíritos Superiores de hoje já foram no passado espíritos inferiores, simples e ignorantes, eles foram progredindo como os outros espíritos.
Deus o Grande Foco é Justo e Imparcial e suas Leis naturais e imutáveis são IGUAIS para todos os Espíritos.
Todos evoluem através de varias reencarnações, essa é a Lei.
Espíritos altamente Puros e Superiores como Jesus, Buda, Hermes, Sócrates, Platão, Luiz de Mattos, Krisna e outros, já foram espíritos inferiores, simples e ignorantes de evolução primaria, e eles evoluíram através de varias reencarnações.
E os espíritos inferiores de hoje serão no futuro pela Evolução moral e intelectual Espíritos Puros e Superiores.

Wilson Moreno na busca da Verdade.



De: Monteiro
Para: Todos
E-mail: monteirol@gmail.com
Data: 09/07/14 17:11

A reencarnação, palavra criada por Allan Kardec no século 19, significa a volta do espírito a um copor físico material, ou seja, durante um tempo, ficamos no Mundo Espiritual, obviamente na condição de desencarnados; posteriormente, reencarnamos, isto é, passamos a usar um corpo físico material e ficamos uma temporada na Terra a fim de trabalhar, aprender e evoluir, até o momento da desencarnação ou morte física. Mas o espírito é imortal e continua, volta ao mundo espiritual, fica lá um tempo e depois reencarna novamente, seja na Terra, seja em outro planeta onde necessite estar para evoluir, e, assim, sucessivamente, até atingir o grau de espírito puro.

Jesus, o Incomparável, falou várias vezes da reencarnação, embora não tenha usado esta palavra. No diálogo com Nicodemos, ao afirmar \"Para adentrar ao reino dos Céus é necessário nascer de novo\", com os discípulos, ao falar sobre Elias, que havia reencarnado e chamara-se João Batista, etc, etc.

Trata-se de um fato comprovado! Ian Stevenson escreveu 20 Casos Sugestivos de Reencarnação; no Brasil, Hernani Guimarães Andrade escreveu Reencanação no Brasil, etc, etc, fora os casos de Hamendras Banerjee, que provou 1002 casos de reencarnação entre as crianças.

Ademais, porque alguns sofrem tanto e outros menos? porque alguns são inteligentes e outros não? Porque alguns são deficientes e outros não? DEUS escolhe, privilegia uns e não outros? De forma alguma: é a lei de causa e efeito. Somos os responsáveis pelos nossos atos nesta reencarnação e nas outras e arcamos com as consequências deles, sejam boas ou não.

Sugerimos que se leia O Evangelho Segundo o Espiritismo, no capítulo 4, acerca da reencarnação.

De: angela souza cruz
Para: preciso muito de ajuda espirit
E-mail: rjangelacf@hotmail.com
Data: 09/07/14 16:31

por favor preciso muito de ajuda espiritual,sinto uma angustia que me tira a alegria da vida. Preciso trabalha e não tenho força,tenho toda a minha familia do meu lado mais prefiro ficar isolada tenho medo das pessoas,tenho medo das novidades, tenho medo de se feliz. Por favor me ajude ore por mim pois tenho uma filha que precisa muito de mim, pois o pai dela descarnou a 3 anos e eu fiquei perdida

De: Jane Araujo
Para: Todos
E-mail: realchicoaneto@gmail.com.br
Data: 09/07/14 16:18

Vim pedir oração por minha irmã Ana Silvia Pinheiro que tem esquizofrenia e não aceita medicação. Não possui nenhum amigo, não aceita auxílio, não conversa com ninguém (somente minha mãe).
Faz barulhos à noite toda, fala palavrões e coisas negativas até mesmo para os desconhecidos, na madrugada caminha sozinha pela rua. Não abre as janelas, não limpa o seu quarto, alimenta-se mal e só anda com roupas pretas. Estou no espiritismo a pouco tempo mas sinto que existe uma energia muito negativa e pesada em seu apartamento. Por caridade, vamos orar por este ser que necessita de luz e paz.Grata!

De: jaine
Para: Família e humanos
E-mail: jaine22@bol.com.br
Data: 08/07/14 19:41

Deus agradeço pelo dia de hoje e peço que me oriente nesse meio de mês em diante para que tudo dê certo na minha vida e de todos que me rodeiam proteja minha família e todos os humanos que nesse dia de hoje estarão muito triste pelo fim da copa mas que a vontade do Criador é maior ele sabe o que é melhor para todos proteja-me no trabalho e a todos os encarnados e desencarnados guarde família da Lucieny e filhas que eles estejam em luz e sabedoria faça com que o marido dela melhore peço com toda minha alma do coração força e misericórdia e muita compaixão para todos assim seja bonda de harmonia

De: Wilson
Para: Os Estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 07/07/14 13:08

Espíritos desencarnados apegados a matéria e aos vícios.

1)No livro Missionários da Luz, André Luiz nos traz um exemplo interessante, mostrando a necessidades que os espíritos de baixa vibração têm de vitalidade, ao ponto de extraí-lo do sangue dos animais mortos em um abatedouro:
\"Pelas vibrações ambientes, reconheci que o lugar era dos mais desagradáveis que conhecera, até então, em minha nova fase de esforço espiritual. Seguindo Alexandre de muito perto, via numerosos grupos de entidades francamente inferiores que se alojavam aqui e ali. DIANTE DO LOCAL EM QUE SE PROCESSAVA A MATANÇA DOS BOVINOS, PERCEBI UM QUADRO ESTARRECEDOR. GRANDE NÚMERO DE DESENCARNADOS, EM LASTIMÁVEIS CONDIÇÕES, ATIRAVAM-SE AOS BORBOTÕES DE SANGUE VIVO, COMO SE PROCURASSEM BEBER O LÍQUIDO EM SEDE DEVORADORA...
lexandre percebera o assombro doloroso que se apossara de mim e esclareceu-me com serenidade:
- Está observando, André? Estes infelizes irmãos que nos não podem ver, pela deplorável situação de embrutecimento e inferioridade, ESTÃO SUGANDO AS FORÇAS DO PLASMA SANGUÍNEO DOS ANIMAIS. SÃO FAMINTOS QUE CAUSAM PIEDADE.
Poucas vezes, em toda a vida, eu experimentara tamanha repugnância. As cenas mais tristes das zonas inferiores que, até ali, pudera observar, não me haviam impressionado com tamanho amargor.
DESENCARNADOS À PROCURA DE ALIMENTOS DAQUELA ESPÉCIE? MATADOURO CHEIO DE ENTIDADES PERVERSAS? QUE SIGNIFICAVA TUDO AQUILO? Lembrei meus reduzidos estudos de História, remontando-me à época em que as gerações primitivas ofereciam aos supostos deuses o sangue de touros e cabritos. Estaria ali, naquele quadro horripilante, a representação antiga dos sacrifícios em altares de pedra? Deixei que as primeiras impressões me incandescessem o cérebro, a ponto de sentir, como noutro tempo, que minhas idéias vagueavam em turbilhão.
Alexandre, contudo, solícito como sempre, acercou-se mais carinhosamente de mim e explicou:
- Porque tamanha sensação de pavor, meu amigo? Saia de si mesmo, quebre a concha da interpretação pessoal e venha para o campo largo da justificação. Não visitamos, nós ambos, na esfera da Crosta, os açougues mais diversos? Lembro-me de que em meu antigo lar terrestre havia sempre grande contentamento familiar pela matança dos porcos. A carcaça de carne e gordura significava abundância da cozinha e conforto do estômago. COM O MESMO DIREITO, ACERCAM-SE OS DESENCARNADOS, TÃO INFERIORES QUANTO JÁ O FOMOS, DOS ANIMAIS MORTOS, CUJO SANGUE FUMEGANTE LHES OFERECE VIGOROSOS ELEMENTOS VITAIS. Sem dúvida, o quadro é lastimável; não nos compete, porém, lavrar as condenações. Cada coisa, cada ser, cada alma, permanece no processo evolutivo que lhe é próprio. E se já passamos pelas estações inferiores, compreendendo como é difícil a melhoria no plano de elevação, devemos guardar a disposição legítima de auxiliar sempre, mobilizando as melhores possibilidades ao nosso alcance, a serviço do próximo.”
A EXPLICAÇÃO DADA PELO INSTRUTOR QUE ACOMPANHAVA ANDRÉ LUIZ É PROFUNDA, MOSTRANDO O O PORQUÊ DO SACRIFÍCIO DE ANIMAIS EM CERTOS RITUAIS DE QUIMBANDA E CANDOMBLÉ.
Vou realçar essa observação importante de Andre Luiz.
DIANTE DO LOCAL EM QUE SE PROCESSAVA A MATANÇA DOS BOVINOS, PERCEBI UM QUADRO ESTARRECEDOR. GRANDE NÚMERO DE DESENCARNADOS, EM LASTIMÁVEIS CONDIÇÕES, ATIRAVAM-SE AOS BORBOTÕES DE SANGUE VIVO, COMO SE PROCURASSEM BEBER O LÍQUIDO EM SEDE DEVORADORA...
ESTÃO SUGANDO AS FORÇAS DO PLASMA SANGUÍNEO DOS ANIMAIS. SÃO FAMINTOS QUE CAUSAM PIEDADE.
DESENCARNADOS À PROCURA DE ALIMENTOS DAQUELA ESPÉCIE? MATADOURO CHEIO DE ENTIDADES PERVERSAS

Nessas explicações na obra de Andre Luiz, vemos que o objetivo dos espíritos desencarnados de baixo padrão vibratório é absorver os fluidos vitais do sangue dos animais que são sacrificados nesses centros de candomblé e quimbanda, existe alguns centros de umbanda sem estudo que pratica também esses sacrifícios.
O objetivo é o Vampirismo psíquico praticado por espíritos inferiores de baixas vibrações mentais e morais, da mesma forma esses espíritos atrasados absorvem os fluidos da nicotina e da bebida dos encarnados que se entregam a esses vícios deprimentes.
Os espíritos elevados ou espíritos de luz não possuem necessidades matérias e nem apego as coisas matérias, eles estão moralmente depurados dessas coisas.
Os espíritos de luz estão num padrão vibratório elevado livre das paixões matérias e desejos e vícios terrenos.
Somente espíritos inferiores de baixas vibrações mentais e morais, podem precisar ou pedir coisas matérias como, cigarros, cachaça, charutos e sacrifícios de pobres animais.


2) Na obra Nos Domínios da Mediunidade pelo espírito de Andre Luiz, psicografado por Chico Xavier, encontramos esses trecho.

\"...As emanações do ambiente produziam em nós indefinível mal-estar.
JUNTO DE FUMANTES E BEBEDORES INVETERADOS, CRIATURAS DESENCARNADAS DE TRISTE FEIÇÃO SE DEMORAVAM EXPECTANTES.
ALGUMAS SORVIAM AS BAFORADAS DE FUMO ARREMESSADAS AO AR, AINDA AQUECIDAS PELO CALOR DOS PULMÕES QUE AS EXPULSAVAM, NISSO ENCONTRANDO ALEGRIA E ALIMENTO. OUTRAS ASPIRAVAM O HÁLITO DE ALCOÓLATRAS IMPENITENTES.
Indicando-as, informou o orientador:
— Muitos de nossos irmãos, que já se desvencilharam do vaso carnal, se apegam com tamanho desvario às sensações da experiência física, que se cosem àqueles nossos amigos terrestres temporariamente desequilibrados nos desagradáveis costumes por que se deixam influenciar.
— Mas por que mergulhar, dessa forma, em prazeres dessa espécie?
— Hilário — disse o Assistente, bondoso —, O QUE A VIDA COMEÇOU, A MORTE CONTINUA... ESSES NOSSOS COMPANHEIROS SITUARAM A MENTE NOS APETITES MAIS BAIXOS DO MUNDO, ALIMENTANDO-SE COM UM TIPO DE EMOÇÕES QUE OS LOCALIZA NA VIZINHANÇA DA ANIMALIDADE. Não obstante haverem frequentado santuários religiosos, não se preocuparam em atender aos princípios da fé que abraçaram, acreditando que a existência devia ser para eles o culto de satisfações menos dignas, com a exaltação dos mais astuciosos e dos mais fortes. O chamamento da morte encontrou-os na esfera de impressões delituosas e escuras e, como é da Lei que cada alma receba da vida de conformidade com aquilo que dá, NÃO ENCONTRAM INTERESSE SENÃO NOS LUGARES ONDE PODEM NUTRIR AS ILUSÕES QUE LHES SÃO PECULIARES, PORQUANTO, NA POSIÇÃO EM QUE SE VÊEM, TEMEM A VERDADE E ABOMINAM-NA, PROCEDENDO COMO A CORUJA QUE FOGE À LUZ...\"
Essa observação colocada por Andre Luiz, mostra que são os espíritos apegados a matéria e aos vícios, que se utilizam dos encarnados viciosos, para absorverem os fluidos da nicotina e da bebida, portanto, esses espíritos desencarnados que pedem bebidas, fumo, charutos e despachos, são espíritos presos as paixões e vícios matérias, espíritos de baixa evolução moral, eles estão numa faixa vibratória muito densa e grosseira.
Como disse Andre Luiz.
JUNTO DE FUMANTES E BEBEDORES INVETERADOS, CRIATURAS DESENCARNADAS DE TRISTE FEIÇÃO SE DEMORAVAM EXPECTANTES.
ALGUMAS SORVIAM AS BAFORADAS DE FUMO ARREMESSADAS AO AR, AINDA AQUECIDAS PELO CALOR DOS PULMÕES QUE AS EXPULSAVAM, NISSO ENCONTRANDO ALEGRIA E ALIMENTO. OUTRAS ASPIRAVAM O HÁLITO DE ALCOÓLATRAS IMPENITENTES.

Resumindo.
Os espíritos de luz ou espíritos elevados não possuem necessidade matérias, eles não pedem velas, cigarros, charutos, cachaça e despachos, somente espiritos apegados a matéria pedem essas coisas.


3) Vamos concluir disso tudo que existe no mundo espiritual muitos espíritos desencarnados ainda apegados a matéria, eles querem continuar a viver e sentir as coisas matérias que eles sentiram quando estavam encarnados, na desencarnação eles abandonam o corpo físico na sepultura, mais levam consigo as suas qualidades morais, seus desejos, seus pensamentos para o plano extrafisico, como no mundo espiritual não tem mais como saciar seus desejos e vícios eles procuram algum encarnado que seja fraco na vontade e que tenha maus pensamentos e vícios.
Todo encarnado com vícios corre um serio risco de ser um caneco vivo para os alcoólatras desencarnados ou uma piteira viva para os tabagistas desencarnados, assim como os encarnados viciados nas drogas também atraem pela sintonia desencarnados viciados nessas drogas.
Os semelhantes atraindo os semelhantes, essa é a lei da sintonia.
Para afastar os maus espíritos e os espíritos vampiros só existe um caminho, combater as nossas imperfeições morais.
Nossos pensamentos elevados, as boas ações, a caridade, a elevação moral, o combate aos vícios, vai elevar nosso padrão vibratório, repelindo as vibrações negativas e pesadas dos espíritos inferiores e obsessores do plano astral.
Vibrações elevadas repelem as vibrações baixas.
O Bem repele o mal.
Não se esqueça tudo é sintonia, atração e afinidade no mundo espiritual.

Wilson Moreno na busca da Verdade.


De: Luiz
Para: todos
E-mail: s-meira@bol.com.br
Data: 06/07/14 13:47


ALGO PARA NÓS

Não digas que a grandeza de Deus te dispensa do bem a realizar.
DEUS é a luz do Universo,mas podes acender uma vela e clarear o caminho para muita gente dentro da noite.
Deus é o Amor, entretanto, onde a necessidade apareça, guardas o privilégio de oferecer a migalha de socorro que comece a restaurar o equilíbrio da vida.
Lembremo-nos de que Deus pode fazer tudo, mas reservou-nos algo para realizar, por nós mesmos, de modo a sermos dignos de seu nome.
EMMANUEL
Do livro \"LIVRO DE RESPOSTAS\" psicografado por Chico Xavier

De: pricila
Para: e
E-mail: esrtal@gmail.com
Data: 05/07/14 21:33

peça com que gloria vicentina nao se va eta pre sa numa uti e que guie pricila

 
 
Busca
  
  
  
 
Temas Importantes
- Reencarnação
- Obsessão
- Mediunidade
 
Divulgação
- Indique o Site
- Adicione aos Favoritos
 
Mensagem do dia
“A compreensão é força que instala no seu coração a luz da tranqüilidade”. Scheilla
 
Boletim Eletrônico
Cadastre seu e-mail e receba mensagens de Luz, textos e outras informações.
E-mail

Assinar Remover
Copyright© 2004/2014 - O Espiritismo - Araraquara/SP - Todos os direitos reservados

Webmaster