Mensagens de Luz  
 
 
  Textos Espíritas  
 
 
  Mural de Recados  
 
 
  Guia de Centros Espíritas  
 
 
  Ouça Mensagens  
 
 
Página Inicial - O Espiritismo
 Home
 A Doutrina
  O que é?
  Conheça Allan Kardec
  Biografias
  Galeria de Imagens
  Fale Conosco
  Links Indicados
  Sugestão de Livros
  Obras Básicas
 O Espiritismo e Você
  Mensagens de Luz
  Textos Espíritas
  Mural de Recados
  Guia de Endereços
  de Centros Espíritas
  Ouça Mensagens
 
 
>> MURAL DE RECADOS
 
Mural
De: Marcos
Para: Neuza
E-mail: marcos@yahoo.com.br
Data: 15/01/15 20:13

Caríssima irmã em Cristo Jesus;

Você se lembra dos tempos passado que falaram a você?

Eu acredito que nem do teu próprio nome deve se lembrar.

Esquece o passado que você não se lembra e venha viver com Cristo Jesus o novo tempo uma nova vida uma nova historia.

Uma historia de vida com um final feliz!

2 Coríntios 5:17 - E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.

Jesus esta chamando você!

Venha!

Venha escrever a sua historia com Jesus Cristo!

O evangelho de Jesus Cristo é Poder de Deus para transformar o seu casamento, se não crer, então você não fará nada para que o amor ressurja, e o fim estará determinado.

O que fazer?

O amor , assim como o perdão, não é uma questão de sentimento, mas de escolha pessoal. Se o casal em crise escolhe se apaixonar, então, tomarão medidas concretas para que isso aconteça. Eles farão investimentos um no outro. Eu te pergunto: Como é que nasce um amor? Nasce de um relacionamento com cuidado recíproco, nasce ao se observar a manifestação de carinho e apreço que uma pessoa tem pela outra, onde gestos de ternura e de proteção são abundantes, assim é que nasce um amor. Então, quando o amor está se apagando precisa de um sopro de Deus no ânimo dos dois, e uma resposta positiva de cada um com relação ao outro. Com a força de Deus e a decisão de continuarem, não do jeito que estão, mas de continuar para buscar o renascimento do amor.

Seja feliz!

De: Carla
Para: alguem
E-mail: carla_domingos@msn.com
Data: 15/01/15 08:23

Gostaria q me ajudassem a entender o q passa comigo.Qdo criança, eu via vultos,agora vejo c menos freqüência,mas sinto calafrios q demoram a passar,sinto as vzs,um peso nas costas,dores de cabeça... Sou muito emotiva...sinto vontade de chorar apenas de assistir jornal,de ouvir uma musica...ate qdo vou a missa,choro...sou casada,mae de familia,levo uma vida feliz...por favor,me ajudem a entender o q acontece comigo...obrigada

De: Neuza
Para: os estudiosos
E-mail: neu.wil@bol.com.br
Data: 14/01/15 21:19

Boa

Amigos estou com um problema em meu casamento, busquei orientação espirita, e fui informada que em tempos passados o meu espirito e o do meu esposo tiveram problemas de relacionamento e desde então estão não temos paz para viver o nosso amor. será que alguém poderia mim ajudar.

De: wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 13/01/15 13:20

O Livre arbítrio

O Livre arbítrio é a liberdade moral que o ser humano tem para praticar o bem ou o mal, não existem fatalidades morais na vida do Espírito.
Nenhum espírito se reencarna no mundo terra ou plano material, para ser fraco, covarde,derrotado,viciado,malandro, picareta, corrupto, bandido.
Não existe predestinação para o mal.
O Espírito se reencarna no plano terreno é para VENCER as suas imperfeições morais e Evoluir, pela sua luta e esforço pessoal.
O mal não é obra de Deus e nem fatalidade cega do Destino.
O mal é obra do próprio homem, que usa seu livre arbítrio de forma errada, a pessoa se entrega as suas imperfeições morais e as influencias negativas da matéria, e passa a cometer erros, vícios e faltas.
O nosso DEVER é lutar contra as nossas imperfeições morais e contra as influencias negativas da matéria, para podermos crescer espiritualmente e Evoluir.

Ninguém está PREDESTINADO para o fracasso, para a derrota, para os vícios, para os crimes, para a corrupção, estamos no mundo Terra é para lutar e Vencer, é para Brilhar a nossa Luz.
A Evolução é Obra nossa, temos que Construir essa Evolução mediante o nosso aprimoramento Moral e Intelectual. O mesmo tempo e energia que gastamos para fazer o mal, podemos usar para fazer o Bem, é uma questão de livre arbítrio e não de Destino traçado.
Repetimos, não existe predestinação para o fracasso moral.
Nenhum Espírito se reencarna no mundo terra para ser um derrotado na vida moral e material.
Nós somos DONOS da nossa mente, do nosso pensamento, do nosso sentimento e da nossa atitude, portanto, somos DONOS do nosso destino e da nossa Evolução.
Livre arbítrio é a liberdade que eu tenho para pensar, sentir e agir.
Portanto o Bem ou o mal quem Constrói sou eu e não o Destino, a vitoria ou a derrota quem Constrói sou eu, a Virtude ou o Vicio que constrói sou eu, Luz ou a escuridão quem escolhe sou eu, ser forte ou ser fraco quem escolhe sou eu, subir ou cair quem escolhe sou eu, um Destino de paz ou de sofrimento, quem constrói sou eu.
Eu sou DONO de mim mesmo, isso é Livre ábitrio, liberdade para eu Construir ou destruir ou se destruir.
Deus não criou nenhum Espirito fraco, derrotado, covarde, doente, picareta, viciado, malandro, bandido, corrupto.
Deus não criou o mal, nem a miséria, nem as guerras, nem os crimes, nem o sofrimento, nem as enfermidades, nem as favelas, nem a exploração, nem o racismo, tudo isso é obra das enfermidades morais do homem, ou seja, o mal uso do Livre arbítrio, o cenário social e político do mundo é Obra dos homens, nós plantamos e depois colhemos.
Quem planta pimenta vai colher pimenta.
Quem planta morangos vai colher morangos.
Essa é a Lei, não para punir, mais para reajustar ou disciplinar os espíritos faltosos.
Tudo isso se resume no uso do Livre arbítrio.


Wilson Moreno

De: Victor Hugo
Para: Todos
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 12/01/15 23:58

ORAÇÃO REFAZENTE

Almas da Terra,



Quando o fragor das inquietações estiver a ponto de estraçalhar-vos, se nas encruzilhadas não souberdes o caminho a seguir e todas as rotas vos parecerem acesso a abismos; quando insuportável desesperação vos houver arrastado a conclusões infelizes que vos pareçam ser a única solução; quando os infortúnios em vos excruciando tendei a tornar-vos indiferentes ao próprio sofrimento:



tendes o veículo da oração e dispondes do acesso à meditação remediadora.



Talvez, não vos sejam supressos os problemas, nem afastadas as dificuldades; no entanto, dilatareis a visão para melhor e mais apurado discernimento, lobrigareis mais ampla compreensão da Vida e das suas legítimas realidades, experimentareis a presença de forças ignotas que vos penetrarão. Vitalizando-vos, elevar-vos eis a zonas psíquicas relevantes donde volvereis saturados de paz com possibilidades de prosseguirdes não obstante quaisquer difíceis conjunturas existentes ou por existirem.





Porque a prece apazigua e a meditação refaz. A oração eleva enquanto a reflexão sustenta. O pensamento nobre comungando com Deus, em Deus está a Vida, e dialogando em conúbio de amor extravaza as impurezas e se impregna com as sublimes vibrações da afetividade, que se converte em força dinâmica para sustentar as combalidas potencialidades que, então, se soerguem e não mais desfalecem.





Não vos arrojeis desastradamente nas valas da ira irrefreável ou nas vagas da insensatez. Antes que vou assaltem os demônios do crime, erguei-vos do caos, pensando e orando. Há ouvidos atentos que captarão vossos apelos e cérebros poderosos que emitirão mensagens respostas que não deveis desconsiderar. Amores que vos precederam no além-túmulo vigiam e esperam por vós. Amam e aguardam receptividade. Não vos enganeis nem vos desespereis. Tende tento. Falai ao Pai na prece calma e silenciai para o ouvirdes através da inspiração clarificadora. Nada exijais. Quem ora não impõe.





Orar é abrir a alma, externar estados íntimos, refugiar-se na Divina Sabedoria, a fim de abastecer-se de entendimento penetrando-se de saúde interior. E quando retornardes da incursão pela prece exultar, apagando as sombrias expressões anteriores, superando as marcas das crises sofridas e espargindo alegrias em nome da esperança que habitarás em vós.



Trabalhando pelo Bem o Homem ora. Orando na aflição ou na alegria, o Homem trabalha. E orando conseguirá vencer toda a tentação, integrar-se com plenitude no Espírito da Vida que flui da Vida abundante com forças superiores para trabalhar e vencer.



Autor: Victor Hugo (Espírito)
Psicografia de Divaldo Franco

De: Victor Hugo
Para: Todos
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 12/01/15 23:54

ESPIRITISMO ESTUDADO

Impostergável, nos cometimentos diários, o dever de estudar e aplicar as nobres lições do Espiritismo, no atual estágio da evolução do pensamento.
À medida que as luzes da Doutrina Espírita clarificam o entendimento humano, mais imperioso se torna o cultivo das informações que ressumam da Revelação, a fim de que a ignorância em torno dos problemas do espírito seja em definitivo combatida.

A responsabilidade dos que travaram contato com a Mensagem de Jesus, desvelada e atualizada pelos Espíritos, é muito grande, pois que àquele que usufrui a bênção do esclarecimento não se pode conceder a indulgência da leviandade, nem tampouco a reprochável conduta da indiferença em face das magnas questões que se agigantam em todo lugar.

Até hoje o egoísmo tem exercido sobre o espírito humano um soberano comando, O Espiritismo, preconizando o amor que liberta e a fraternidade que socorre, é o mais severo adversário desse sicário destruidor.

Todavia, para que o adepto do Espiritismo se integre realmente no espírito da Doutrina, exige-se-lhe aprofundamento intelectual no conteúdo da informação espírita, de modo a poder corporificá-la conscientemente no comportamento moral e social, na jornada diária.


Nesse sentido, há que fazer justa quão indispensável diferença entre o Espiritismo e o Movimento Espírita.


Vigem, em muitos setores da prática espiritista, normas e diretrizes ultrajantes à Mensagem de que Allan Kardec foi instrumento do Alto, seja por negligência de muitos dos seus membros, seja pela crassa ignorância daqueles que assumem responsabilidades definidas, ante os dispositivos abraçados, sem os necessários recursos culturais indispensáveis. Por exemplo, é equivocado dizer Espiritismo Kardecista, pois, o próprio Kardec rejeitou a denominação kardecista, pois, só há um Espiritismo. Ocorre que, por falta de conhecimento, muitas pessoas confundem a Doutrina Espírita com outras crenças e práticas, como candomblé, umbanda, etc. O Espiritismo não tem nada a ver com essas crenças e práticas.


Ante a grandeza da Revelação, por estarem acostumados às limitações típicas das seitas do passado, ou porque ainda vinculados às superstições nefandas dos dias recuados, muitos pseudo-espiritas pretendem reduzir a grandeza imensurável do Espiritismo à estreiteza de uma nova seita, em cujo organismo grassem os erros derivados da incompetência e do abastardamento, de que o desconhecimento da Codificação se faz motivação poderosa.

O Movimento Espírita é o resultado do labor dos homens, enquanto o Espiritismo é a Doutrina dos Espíritos dirigida aos homens.

O Espiritismo, pois, não cessemos de repetir, é ciência de observação e investigação incessante. Tateamos agora as primeiras constatações, ante o infinito das realidades que ele busca, devassa e esclarece. Há, ainda e continuamente, infindo campo de informação a perquirir e constatar no eloqüente continente da vida espiritual.

Estudado, o Espiritismo dealba a antemanhã luminosa da humanidade do futuro, desde agora.
Como Filosofia, a sua escola de indagação não se limita às linhas clássicas da discussão, nem se empareda na estreiteza dos conceitos ultramontanos ou do debate limitado, porquanto estas não são as primeiras nem as últimas palavras das elucidações que faculta, nem dos esclarecimentos que oferta.



Religião da ciência, como ciência da filosofia, é, ao mesmo tempo, a filosofia da religião, e sua ética não se estratifica na moralidade das convenções transitórias, nem se resume a dogmas atentatórios à razão.


Com fundamentos na Revelação Moisaica, através do insubstituível código do Decálogo, sempre oportuno e novo em toda a sua elaboração — segurança para cada homem e arbítrio para todas as nações — abranda, com a excelsa beleza do Evangelho do Cristo, a aspereza severa das antigas leis de Talião, dando cumprimento às promessas dos Profetas e de Jesus.

Doutrina que acompanha o progresso do Conhecimento e estimula novas formas de averiguação e pesquisa, não se detém nas conquistas conseguidas, antes projeta para o mundo das causas as suas alocuções filosóficas, facultando empreendimentos mais audaciosos e profundos, tendo em vista o investimento homem — esse objetivo essencial da sua obstinada busca transcendental.


Convertê-lo em resíduo seitista é desfigurá-lo danosamente, ceifando os elevados objetivos a que se propõe. Mantê-lo em círculo de mediunismo desregrado, significa desconsiderá-lo no aspecto superior das suas realizações: o da pesquisa científica, por cujos roteiros a ciência e a fé se unirão na romagem para a vida e para Deus.

É verdade que se alastram formas primitivas de mediunismo em toda parte, merecendo esta questão mais cuidadoso exame, para melhor serem debeladas as nefastas conseqüências de tal fenômeno. E, por essa razão, maior deve ser o nosso empenho na sadia divulgação dos postulados espíritas, lavrados no estudo sistemático e constante do contexto doutrinário, para que o medicamento com que pretendemos amenizar ou erradicar os males morais da sociedade hodierna, não venha a produzir maiores danos, como resultado da sua má dosagem e aplicação.

A princípio, o Cristianismo foi eficiente remédio aplicado sobre as feridas do Paganismo. A indiscriminada e irracional utilização da Doutrina do Cristo, deformada nos seus pontos básicos, sobre as chagas sociais da época, produziu cânceres mais virulentos do que aqueles que visava a combater e de cujos danos ainda sofrem as comunidades modernas...


Fenômeno consentâneo pode ocorrer nestes dias com o Espiritismo... Sem dúvida, a Doutrina é irreversível e sadia. Todavia, a Boa Nova também o é. . .

Dilatam-se as referências espíritas no organismo social do momento; multiplicam-se as Casas Espíritas; há adesões em massa ao Espiritismo; surgem os primeiros sintomas de cultos espíritas; aparecem fartas concessões ao Espiritismo. . . Respeitando e considerando todas as formas de divulgação, não nos podemos furtar à conclusão de que a quantidade tem recebido maior valorização do que a qualidade, que deve manter o caráter específico de pureza que não podemos subestimar.

O movimento espírita cresce e se propaga, mas a Doutrina Espírita permanece ignorada, quando não adulterada em muitos dos seus postulados, ressalvadas as excelentes e incontáveis exceções.

O que se possa lucrar pela quantidade pode redundar em prejuízo na qualidade.

No que diz respeito ao capítulo das obsessões, aventureiros inescrupulosos se intrometem, inspirados por mentes desencarnadas afeiçoadas à lavoura da perturbação, fazendo que promovam espetáculos lamentáveis, nos quais a mediunidade se transforma em chaga espiritual, por cuja purulência exsudam as misérias pretéritas...


Alardeiam perseguições, esses malfazejos diretores de trabalhos, e, em nome do esclarecimento, apavoram os neófitos, fazendo que, pelo medo e através do desconhecimento do Espiritismo, se vinculem aos seus desafetos desencarnados, mediante a fixação mental ou ao pavor que os dominam, após as incursões inconscientes em misteres de tal monta.

O Espiritismo é doutrina de otimismo, de educação integral, de higiene mental e moral. É o retorno do Cristo ao atormentado homem do século ciclópico da Tecnologia, através dos seus emissários, renovando a Terra e multiplicando a esperança e a paz nas mentes e nos corações que Lhe permaneçam fiéis.

Nos redutos em que o estudo da Doutrina Espírita é considerado desnecessário, afirma-se que êle se faz adversário da cultura e, a pretexto de auxílio aos que sofrem, atenta-se contra a ciência médica, principalmente, reduzindo-o a superstição danosa e inconseqüente.



Destinado aos infelizes, estes não são apenas os que sofrem as dificuldades econômicas e são conhecidos como constituintes das classes humildes. A dor não se limita a questões de circunstância, tempo e lugar. Dessa maneira, não prescreve a ignorância, mas proscreve-a.

lmpostergável, portanto, o compromisso que temos, todos nós, desencarnados e encarnados, de estudar e divulgar o Espiritismo nas bases nobres com que no-lo apresentou Allan Kardec, a fim de que o Consolador, de que se faz instrumento, não apenas enxugue em nós os suores e as lágrimas, mas faça estancar, nas fontes do sofrimento, as causas de todas as aflições que produzem as lágrimas e os suores.

Nesta aferição de valores, para o elevado mister da divulgação espírita, oremos e vigiemos, conforme a recomendação do Mestre, para que nos desincumbamos a contento do cometimento aceito, dando conta da nossa responsabilidade, com o espírito tranqüilo e a mente pacificada.


Autor: Vianna de Carvalho (espírito)
Psicografia de Divaldo Franco. Livro: Sementeira da Fraternidade.

De: Marcos
Para: Marcia
E-mail: marcos@yahoo.com.br
Data: 12/01/15 21:04

Caríssima irmã em Cristo Jesus;


QUERO ORAR POR VOCÊ


Não tenho dúvidas de que o desânimo é um inimigo sutil e mortal para a vivência de uma vida cristã
É preciso combater e vencer o desânimo, pois senão perderemos um tempo precioso em nossas vidas andando em círculos, nos afastando das pessoas e perdendo as bênçãos de Deus para as nossas vidas.
Tome a decisão interior de reagir, de combater o desanimo com entusiasmo e firmeza, lembrando-se das palavras do Apóstolo Paulo “que nós não vivemos pelo que nós sentimos, mas vivemos pela fé. “Viver pela fé implica necessariamente em manter nossos olhos sempre voltados para Deus, tendo as nossas emoções sob controle e não sendo controlado por elas.



Acredite: Você pode vencer!



Estarei orando por você.



Fale com Deus, peça a Ele o que você precisa, agradeça por sua vida, agradeça por tudo que Ele te dá, abra seu coração, converse com Deus. Ele está pronto para te ouvir e te abençoar.
A oração é sua intimidade com Deus, peça a Deus, converse com Ele, Ele nos dá acesso direto a Ele através de Seu Filho Jesus Cristo.

Disse Jesus.


Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei (Mateus 11.28)


Seja livre da obsessão em muitos casos é a causa do desanimo.


Não estou falando de religião falo daquele que é digno de toda honra gloria e poder.


Jesus Cristo!


Jesus esta chamando você.


Venha!

De: Marcia
Para: Alguém que me ajude
E-mail: mdrehbein2013@gmail.com
Data: 12/01/15 17:33

Oi! estou me sentindo mal,gostaria de uma oração ou ajuda! Estou sem vontade para nada e não consigo me concentrar para rezar!!!

De: wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 10/01/15 12:50

Nós somos seres divinos, nós fomos criados pelo mesmo poder que criou o Universo, vos sois deuses, nós podemos tudo, estamos reencarnados no mundo terra para evoluir e VENCER as nossas imperfeições morais.
Nenhum espírito se reencarna no mundo terra predestinado a ser fraco, covarde, medroso, viciado ou um derrotado, isso não existe, estamos no plano material, para VENCER a matéria e nos espiritualizar.
O ser humano é um espírito encarnado é no espírito que reside as nossas faculdades morais e intelectuais, o espírito é o ser pensante, a matéria física ou carnal não pensa e nem sente, portanto, nós somos seres espirituais em evolução nos mundos matérias.
Como diz a Maçonaria, buscai a Luz e santificai-vos nas sagradas virtudes, tu foste criado pelo mesmo PODER DIVINO que criou o Universo, somos deuses e coorientadores na Obra divina, somos luz e não escuridão, somos virtudes e não impurezas, somos força e não fraqueza, somos divinos e não carne.
Sois deuses, podemos tudo e tudo podemos nas virtudes divinas, nós criamos a luz e a escuridão e glorificamos a Luz e repreendemos a escuridão.
Ordem no caos.
Devemos criar Templos para as Virtudes e masmorras para os vícios, temos que travar uma grande batalha espiritual pela nossa evolução.
Pelo pensamento entramos em sintonia com o plano astral e atraímos bons ou maus espíritos, conforme o padrão moral desses pensamentos, somos o que pensamos, tudo se baseia na força mental.
Disse Jesus, o ser conforme pensar assim será.
Pelos pensamentos elevados, positivos e firmes no Bem criamos ESCUDOS PSÍQUICOS contra a influencia nociva dos maus espíritos, eles se aproximam pela sintonia mental.
Não adianta usar amuletos, talismã, velas, roupas brancas, imagens de santos ou de Jesus, tudo depende da nossa forma de pensar, sentir e agir, colhemos o que plantamos, essa é a Lei.
Pessoas fracas, viciadas, com maus desejos, maus pensamentos, são um alvo fácil para os maus espíritos.
Todo fraco será influenciado e dominado, essa é a Lei.
O forte controla o fraco.
Deus o Grande foco não cria nenhum espírito para ser fraco, derrotado, viciado, malandro, não existe predestinação para o mal ou para as fraquezas.
Tu foste criado pelo mesmo Poder Divino que criou o Universo, tu podes e deve superar a si mesmo, vencer seus medos, vencer os maus pensamentos, vencer os vícios, vencer os maus desejos, vencer sua pobreza mental, VENCER A SI MESMO.
Tu foste criado para ser Forte, para ser Luz, para ser Divino, para ser UM DEUS.
Com a força invencível dos seus pensamentos ( pensamentos puros e elevados) você pode naturalmente afastar os maus espíritos.
O Bem e o mal são incompatíveis, possuem densidades diferentes como a água e o azeite, se repelem.
O Calor repele o frio, essa é uma Lei da física, no campo espiritual temos outra Lei das afinidades morais, o bem repele o mal por falta de afinidade.
O Bem tem afinidade com o Bem.
O mal tem afinidade com o mal.
Seja forte e poderoso, tu foste criado para ser um DEUS, tu é um ser DIVINO criado pelo mesmo poder que criou o Universo matéria e espiritual, tu foste criado pelo DEUS VIVO para ser um Vencedor.
Deus não cria nenhum espírito para ser um fraco, um derrotado, um mimado, um viciado, a derrota e o fracasso quem cria é a própria pessoa com seus pensamentos de fraqueza e medo, somos o que pensamos.
Vamos concluir caro discípulo, que a proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, pelos seus pensamentos, sentimentos e atitudes.
Todo Mestre antes de ser um Mestre já foi um discípulo e todo discípulo vai evoluir e vencer a si mesmo e se tornar um Mestre.
Portanto, tu foste criado para ser um MESTRE da Luz, da Virtude, da Justiça, da Caridade, tu foste criado para a gloria divina.
Nós somos seres DIVINOS, vos sois deuses.

Wilson Moreno na busca da verdade.


De: wilson
Para: Os estudiosos
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 06/01/15 13:21

A Reforma Moral

1)O Espirito humano se reencarna no plano terreno é para crescer moralmente e espiritualmente, pela pratica sincera do Bem e das Virtudes, estamos no plano da Matéria é para VENCER as influencias negativas da matéria e edificar valores morais superiores, como, a Caridade, a Honestidade, a Fraternidade, o Respeito, a Educação, o Amor, a Elevação dos pensamentos e a purificação dos sentimentos, o nosso Dever é buscar a Luz e repudiar a escuridão.
Nenhum Espirito se reencarna no mundo terra, para praticar o mal, não existe predestinação para o crime, para o fracasso, para a derrota, para os vícios, para a imoralidade, para a hipocrisia, o mal não é obra do Destino e nem obra de Deus, o mal é obra das nossas imperfeições morais é por isso que devemos combater gradativamente as nossas imperfeições morais, para podermos Evoluir e crescer espiritualmente, ninguém conseguira evoluir enquanto não travar uma LUTA seria contra as suas impurezas morais, cada sujeira moral é uma trava para nossa Evolução.
As impurezas morais ou imperfeições morais não estão na matéria corporal e sim em nosso Espírito que é o ser pensante, portanto, a nossa Luta é espiritual, cada vitoria sobre os maus pensamentos, sobre os maus sentimentos, sobre os vícios, sobre os maus hábitos, é uma LIBERTAÇÃO espiritual e um impulso para nossa Evolução.
Estamos no plano terreno é para VENCER e não ser vencidos pelas nossas imperfeições morais e pelas influencias negativas e degradantes da matéria, nó somos filhos de Deus o Grande Foco de Luz, e o Criador não cria nenhum Espírito para ser fraco, derrotado, mimado, malandro, picareta, viciado, fracassado, não existe fatalidades morais na vida do Espírito, somos nós mesmos que criamos nosso Céu ou inferno, pelo uso do livre arbítrio.
Se nós somos filhos da Grande Luz, nós temos a luz dentro de nós, nós somos Luz, estamos na Luz e vivemos na Luz e buscamos a Luz, portanto, ninguém se reencarna no plano material para viver na escuridão ou para praticar a escuridão.
Cada imperfeição moral que eu procuro Vencer é um impulso para nosso crescimento espiritual, estamos em processo evolutivo e nós somos filhos de Deus, portanto, nós podemos e devemos lutar contra essas imperfeições morais e espirituais.

Nenhum espírito é levado fatalmente para o bem ou para o mal, somos LIVRES moralmente para praticar o Bem ou o mal, nós temos o Livre arbítrio que é a liberdade que eu tenho para pensar, sentir e agir, eu posso pelo uso do Livre arbítrio escolher os caminhos da minha Evolução, ser fraco, derrotado, mimado, maldoso, desonesto, fracassado, picareta, viciado quem escolhe sou eu, isso não é obra do Destino e nem vontade de Deus, isso é obra das minhas imperfeições morais e das minhas fraquezas espirituais. Se eu procuro ser bom, correto, honesto, cordial, educado, trabalhador, digno, sem vícios e sem maus desejos é por que eu ESCOLHI esse caminho, eu edifiquei essa Luz em minha vida.
Portanto, somos nós que criamos nosso Céu ou inferno, conforme, o uso do Livre arbítrio.
A Reforma intima ou Reforma Moral é um processo de LUTA espiritual que devemos desenvolver gradativamente, não podemos criar desculpas ou criar justificativas para nossas imperfeições morais, por que, elas não foram criadas por Deus e sim por nós mesmos, se nós criamos esse LIXO quem deve LIMPAR esse lixo é nós e não Deus.
Deus nos deu o Livre arbítrio para nós mesmos edificar nossa Evolução, nós somos filhos das nossas Obras, cada pensamento no Bem, cada sentimento nobre, cada atitude de amor e caridade é um avanço espiritual para o Cristo ( as Virtudes Superiores)

2) Deus não criou as nossas imperfeições morais e os nossos vícios
Deus não criou o sofrimento, nem o crime e nem as guerras
Deus não criou a miséria, as favelas e a má distribuição de renda
Deus não criou a imoralidade, a corrupção, o egoísmo
Deus não criou o racismo, a maldade contra os animais e as injustiças
Deus não criou o ódio, nem a raiva, nem a ira, nem a cólera
Deus não criou a escuridão moral
Essa sujeira não é de Deus essa sujeira é minha, somente minha, toda minha.
Deus criou a VIRTUDE e o homem criou o vicio
Pense nisso, mais cuidado não fique só pensando, devemos antes de tudo PRATICAR as Virtudes de Deus.
Se eu sou filho de Deus, Deus me criou para que?
Para ser fraco, derrotado, fracassado, viciado, imoral, delinqüente, bandido, claro que NÃO.
Deus te criou para ser VITORIOSO pleno de Luz e Virtudes
E o nosso Dever é glorificar as Virtudes de Deus dentro de nós, praticando, praticando, praticando e praticando.
A Reforma Intima ou a Reforma moral se processa de forma gradativa, no qual vamos lentamente combatendo as nossas imperfeições morais, exemplos, vencer o vicio do cigarro é uma libertação espiritual, vencer o vicio da bebida, vencer o vicio da gula, vencer o vicio do jogo, são conquistas morais para nosso crescimento espiritual, outro exemplo, vencer os sentimentos negativos de ódio, raiva, inveja, egoísmo, falsidade, desonestidade, racismo, ciúmes, são conquistas muito importantes para nossa Evolução.
O Espirito se reencarna no plano terreno é para VENCER as suas imperfeições morais e evoluir, ninguém esta predestinado a ser fraco, derrotado, leviano, fracassado, viciado, malandro, picareta, nada disso existe como fatalidade cega do Destino, temos o Livre arbítrio para escolher o Bem ou o mal, a Virtude ou o vicio, a Luz ou a escuridão.
Nós construímos o nosso Destino.

3) Deus não criou as minhas imperfeições morais e são elas que estão travando a minha Evolução espiritual, portanto, cabe a mim somente a mim combater essas imperfeições morais.
Deus não criou nenhum espírito para o fracasso moral, nós temos o Livre arbítrio que é a LIBERDADE de pensar, sentir e agir, para eu mesmo construir a minha derrota ou a minha Vitoria.
O céu ou o inferno é uma questão de escolha ou direção.
Isso tudo se resume em nossa reforma intima ou reforma moral.
Perguntamos, a minha Reforma Moral é obra do Destino é obra de Deus ou é obra do meu LIVRE ARBÍTRIO.

4) Na Obsessão se aplica o mesmo raciocínio.
Perguntamos, a Obsessão é obra do Destino é uma fatalidade, ou é obra das minhas imperfeições morais? Se são as minhas imperfeições morais que atraem pela sintonia vibratória os maus espíritos, a cura esta na minha Reforma Moral.
Reformando moralmente meus pensamentos, sentimentos e atitudes eu vou elevar o meu Padrão Vibratorio e atrair a assistência dos Espiritos Elevados e Superiores.
Quem cria a Obsessão não são os espíritos obsessores é a nossa imprudência moral e mental que vai criar um campo de abertura para os espíritos inferiores, perturbadores e obsessores do plano astral se aproximarem.
Eles se aproveitam das nossas imperfeições morais
Repetimos, a Obsessão não é obra dos maus espíritos, ela é obra dos nossos pensamentos negativos, sentimentos impuros, vícios, imprudências, maldades, por que, cada um vai receber o Bem ou o mal, conforme as suas OBRAS.

5) O nosso valor espiritual está em nosso Comportamento mental e moral, nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, o ser conforme pensar assim será.
Nenhuma energia negativa, bruxaria, magia negra, macumba, maus espíritos, pode afetar uma pessoa com pensamentos elevados e firmes no Bem, uma pessoa correta, honesta, educada, caridosa, com pensamentos positivos, que procura praticar as Virtudes, fica IMUNE as influencias espirituais negativas.
A luz esta dentro de cada pessoa, o Mestre Jesus disse, brilhe a vossa luz, brilhar a nossa Luz é elevar nossa confiança, irradiando pensamentos puros e nobres, dessa forma a pessoa entra em sintonia com os espíritos de luz, afastando os maus espíritos, por que, eles não encontram sintonia com as pessoas.
Vibrações elevadas repelem vibrações negativas.
E cada pessoa tem o seu padrão vibratório, conforme a sua forma de pensar, sentir e agir.

Uma pessoa de vontade fraca, preguiçosa, com maus pensamentos, vícios, vive reclamando da vida, usa palavrões, não quer estudar e nem trabalhar e quando trabalha é com má vontade, não procura se melhorar moralmente, não procura combater suas imperfeições morais, essa pessoa é um alvo fácil para os espíritos inferiores e obsessores do plano astral.
Um fraco sempre será dominado, não esqueça disso.

Deus não criou nenhum espírito para ser fraco, derrotado, viciado.
Quando a pessoa se torna fraca, leviana, derrotada ou fracassada, isso é ela mesma que criou tal condição pelos seus PENSAMENTOS.
Nós somos o que pensamos e atraímos o bem e o mal pelos nossos pensamentos.
O Mestre Jesus disse, o ser conforme pensar assim será.
Os desencarnados entram em sintonia com os encarnados pelas vibrações do pensamento, uma das táticas usadas pelos obsessores malandros e espertos do mundo invisível, é colocar medo nas pessoas, por que, quando uma pessoa sente medo, o seu campo vibratório baixa e eles entram em sintonia com a pessoa.
E a pessoa passa a duvidar de si mesma da sua capacidade para estudar, trabalhar, namorar, ter filhos, ganhar dinheiro, a pessoa fica moralmente fraca e vazia, não acredita mais em si mesma e na sua capacidade de lutar e vencer, ela vira um boneco sem vontade e personalidade.
Depois os espíritos obsessores colocam na mente dela, que ela tem que realizar trabalhos de magia, rituais, cerimônias, para afastar as coisas ruins, e a pessoa se entrega facilmente a esses picaretas e marginais do plano astral, a derrota espiritual começa assim, a pessoa duvida de si mesma e da sua capacidade de estudar, trabalhar e lutar para Vencer na vida.

Você pode tudo, acredite em si mesma, acredite na força invencível dos seus PENSAMENTOS.
Vos sois Deuses.
Manda pro inferno esses guias espirituais da derrota, essa baboseira de usar amuletos, talismã, velas, roupas brancas ou pretas, imagens de santos ou retrato de Jesus pendurado na Parede, nada disso tem valor espiritual.
É no Pensamento e na força de vontade que esta o segredo para se Vencer na vida.

Vou deixar uma pergunta.
Deus te criou para ser um fraco, derrotado, fracassado e viciado na vida?Huh??
Disse Jesus, vos sois deuses.
Você pode tudo, você foi criado pelo Poder Divino para evoluir, superar e Vencer.
Você é um ser Divino.

Wilson Moreno na busca da Verdade.

De: Victor Hugo
Para: Todos
E-mail: vhgdebem@gmail.com
Data: 04/01/15 13:44

A tua vida possui um alto significado. Por ignorância, muitos indivíduos colocam seus objetivos nas questões materiais e, após consegui-los, ficam entediados, frustrados e infelizes.

Se observas a questão espiritual da vida, a necessidade de te iluminares com o pensamento divino, toda a tua marcha se realizada segura e frutuosa.
Ninguém pode sentir-se completado, senão estiver em constante ligação com DEUS, a Fonte Geradora do Bem.

Joanna de Ângelis (espírito), psicografia de Divaldo Franco. Livro: Vida Feliz

De: wilson
Para: Sandra
E-mail: wilsonmoreno67@gmail.com
Data: 03/01/15 12:08

O mundo espiritual ou plano astral é regulado pela Lei da Sintonia vibratória ou afinidade moral, os semelhantes se atraem e os diferentes se repelem, cada ambiente ou cada lugar tem um Padrão Vibratório próprio, formado pelos pensamentos, sentimentos e atitudes das pessoas que vivem nesses ambientes.
Os Espiritos Elevados e os Bons espíritos são atraídos para ambientes que possuem um padrão vibratório positivo, vibrações positivas atraindo outras vibrações positivas, os maus espíritos são atraídos para ambientes que possuem uma faixa vibratória baixa e densa, vibrações baixas e negativas vão atrair outras vibrações baixas e negativas.
Tudo é sintonia vibratória.
Muitas vezes os Espíritos elevados ou Espíritos de Luz não podem ajudar uma pessoa, por que, ela se encontra em um ambiente de baixas vibrações mentais, nesses lugares que predominam discussões, palavrões, brigas, fofocas, intrigas, vícios, ódio, raiva, falsidade, racismo, desonestidade, o ambiente é pesado e negativo, portanto, o padrão vibratório é baixo, sendo baixo vai atrair outras vibrações negativas e pesadas.
Os espíritos inferiores, perturbadores, embusteiros, maliciosos, obsessores são atraídos pelas vibrações mentais negativas e pesadas dos ambientes, é por isso que temos que criar um ambiente moralmente elevado com pensamentos nobres e positivos, para podermos elevar o Padrão Vibratória do ambiente e atrair a assistência luminosa dos Espíritos Superiores.
O Bem tem sintonia com o Bem.
O mal tem sintonia com o mal.

Estamos cercados por espíritos desencarnados que tem uma certa afinidade com os nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, essas inteligências desencarnadas nos observam constantemente, é por isso que devemos ORAR E VIGIAR para não cairmos nas influencias espirituais negativas, a nossa AURA muda de Cor e intensidade conforme o nosso estado mental e moral, quando estamos com pensamentos de raiva, ódio, medo, rancor, revolta, falsidade etc...
Nossa Aura muda de Cor fica com cores escuras e turvas, e os espíritos desencarnados observam isso em nossa Aura e disso se aproveitam os maus espíritos para nos influenciar pelas intuições mentais.
Eles sabem que estamos numa faixa mental baixa devido aos maus pensamentos, eles se aproximam pela sintonia vibratória e passam a nos acompanhar esperando uma oportunidade para atacar.
Atacar como?
Intuindo ou inspirando em nossa mente pensamentos de desanimo, preguiça, revolta, ódio, desejos de vingança, inveja, ciúmes, incentivando brigas, intrigas, fofocas, vicios e ate crimes. Eles procuram alguma brecha em nossa Mente, portanto, temos que vigiar nossos pensamentos, idéias, planos, desejos e impulsos, cuidado, quando eles se estalam a coisa fica perigosa.
A terapia contra as Obsessões e as influencias espirituais negativas, esta na Disciplina Mental e Moral, mentalizar fortemente pensamentos elevados e nobres, praticar a Caridade e as Virtudes, manter uma Conduta moral reta no Cristo, cultivar a prece sincera, combater os maus pensamentos, combater os maus desejos, combater os vícios, dessa forma a pessoa consegue elevar seu Padrão Vibratório afastando os maus espíritos e atraindo os Espíritos de Luz.
Atraindo o Bem o mal se afasta gradativamente, assim como o calor afasta o frio.

A atmosfera terrena ou psicosfera esta repleta de formas pensamentos inferiores e de espíritos apegados a matéria, as paixões, aos vícios e desejos terrenos, existe milhões de espíritos desencarnados na atmosfera e na crosta terrestre, esses espíritos querem continuar a viver a vida material, eles querem saciar seus desejos e vícios e interferir na vida dos encarnados.
Muitos desses espíritos são sofredores, outros são perturbados e perturbadores, outros são viciosos cheios de manias, vícios, desejos torpes, outros são vingativos e astutos, outros são mentirosos, embusteiros e mistificadores, outros são vampiros sugam os fluidos vitais das pessoas e também sugam os fluidos da nicotina, do álcool, das drogas, outros são maldosos sentem inveja das pessoas boas e corretas e procuram obsidiar essas pessoas, agem pela inveja do bem, são uns infelizes.
Existe outros espíritos maldosos que se agrupam em bandos ou Falanges e trabalham de forma técnica para vampirizar e obsidiar as pessoas que são invigilantes com seus pensamentos e conduta moral, são os trabalhadores do mal, entidades das sombras.
Nós os encarnados vivemos dentro dessa região espiritual inferior, por que, ela abrange a crosta e atmosfera terrena, muitos pesquisadores chamam essa região de astral inferior ou umbral.
Esses espíritos desencarnados apegados a matéria e as paixões e vícios terrenos, possuem um perispirito denso, turvo, grosseiro e impuro e eles sofrem a Lei de gravidade e ficam retidos na psicosfera terrena, para afastar esses espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, temos que entender o seguinte, não existem milagres, não existe protecionismo divino sobrenatural, tudo depende das nossas condições mentais e morais ( condições vibratórias), pela Lei das atrações psíquicas, os iguais se atraem e os diferentes se repelem, atraímos espíritos desencarnados que se identificam com os nossos pensamentos, sentimentos e atitudes.
Vamos concluir disso tudo, que a Proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme seus Pensamentos e Conduta moral.
Uma pessoa correta, honesta, caridosa, cordial, digna, sem vícios, com pensamentos positivos e nobres, repele naturalmente os maus espíritos, não havendo sintonia vibratória os maus espíritos se afastam.
A Luz do Cristo repele os agentes das sombras.
Temos que cultivar as Virtudes ensinadas pelo Grande Mestre Jesus o Cristo, pensar em Cristo, sentir o Cristo, praticar os ensinamentos do Cristo, é se iluminar, e a Luz espanta a escuridão.
Nós somos filhos da Grande Luz, nós somos Luz, nós estamos na Luz, nós temos a Luz, nós evoluímos é na Luz.
Essa Luz são as Virtudes, cada virtude que adquirimos mais força teremos para afastar os maus espíritos e atrair os Espiritos de Luz.
As Virtudes esse é o caminho.

Espero te ajudado nesses assuntos espiritualistas, esse é um resumo dos meus estudos espiritistas.

Wilson Moreno.

 
 
Busca
  
  
  
 
Temas Importantes
- Reencarnação
- Obsessão
- Mediunidade
 
Divulgação
- Indique o Site
- Adicione aos Favoritos
 
Mensagem do dia
“Não pares de trabalhar e servir. Encoraja-te na luz oculta do bem, escora-te em Deus e segue adiante”. Batuíra
 
Boletim Eletrônico
Cadastre seu e-mail e receba mensagens de Luz, textos e outras informações.
E-mail

Assinar Remover
Copyright© 2004/2015 - O Espiritismo - Araraquara/SP - Todos os direitos reservados

Webmaster